Paulista A2: Goleiro enaltece grupo do Oeste: 'Pude retribuir essa confiança'

William Menezes teve ótima atuação diante do Audax, fechando o gol da equipe de Roberto Cavalo

por Agência Futebol Interior

Barueri, SP, 07 - Grande destaque da vitória do Oeste na noite desta terça-feira, o goleiro William Menezes fechou o gol no duelo com o Audax e garantiu a vitória do Rubrão depois de cinco rodadas sem triunfos na Série A2 do Campeonato Paulista. Quando o jogo ainda estava 1 a 0 para o time de Barueri, os mandantes iniciaram grande pressão atrás do empate, mas pararam na brilhante atuação do paredão rubro-negro, que fez, pelo menos, cinco defesas difíceis.

A vitória, que coroou o atleta, também deixa a equipe viva na briga por uma vaga nas semifinais da competição.

William Menezes fechou o gol diante do Audax (Foto:  Jefferson Vieira/Oeste)
William Menezes fechou o gol diante do Audax (Foto: Jefferson Vieira/Oeste)
"A gente sabia da dificuldade que íamos encontrar aqui. O Audax não vem muito bem no campeonato, mas o campo molhado, pesado, também dificultou bastante. A gente sabia que era uma final. Precisávamos da vitória para continuar brigando pela classificação. Assim foi e assim vai ser todos os jogos. A gente sabe que vai ser brigado todos os jogos, mas precisamos da vitória para garantir a classificação", disse William.

RETORNO
O goleiro, que voltou a ser titular no duelo com o Água Santa, há duas rodadas, acredita estar mais confiante para a sequência do Rubrão. Mas o arqueiro garante que quando chegou ao clube, sabia que poderia ser uma peça fundamental para a equipe.

"Primeiramente, a glória é de Deus. Nada justifica a minha vinda para cá se não fosse por Deus. O grupo sempre passa confiança para mim, durante todos os treinamentos e jogos e hoje pude retribuir um pouco dessa confiança. Um grupo, uma família se forma assim. Um tendo confiança no outro. Hoje, graças a Deus, pude ajudar meus companheiros", declarou.

PRÓXIMO COMPROMISSO
Agora, o Rubrão pensa na Votuporanguense. Sexta-feira, o duelo contra a equipe do interior é mais um desafio que o time tem pela frente para seguir na briga por uma vaga na elite paulista.

"Será um jogo muito duro. A Votuporanguense é uma equipe forte, mas a gente vai jogar dentro de casa e precisamos impor nosso ritmo de jogo e sair com a vitória, que é o mais importante para brigarmos definitivamente pelo G-4", concluiu.

 
 
" />