Após acesso e eliminação na semi da Série D, Novorizontino demite treinador

Roberto Fonseca deixa o Tigre nesta terça-feira junto da comissão técnica

por Agência Futebol Interior

Novo Horizonte, SP, 26 (AFI) - O Novorizontino anunciou nesta terça-feira a demissão do técnico Roberto Fonseca. Junto dele, deixam também o clube o auxiliar técnico Júnior Fonseca, filho de Roberto, e Willian Sander, treinador da equipe sub-20.

Em nota, o Novorizontino agradeceu pelo trabalho do técnico à frente do clube na última temporada, que resultou no acesso à Série C do Brasileiro, e afirmou que a decisão do desligamento "fazem parte de um processo de reformulação iniciado pelo clube para o decorrer do ano de 2021".
Roberto Fonseca não é mais técnico do Novorizontino (Foto: Maria Paula Laguna/Novorizontino)
Roberto Fonseca não é mais técnico do Novorizontino (Foto: Maria Paula Laguna/Novorizontino)

Roberto Fonseca, de 58 anos, foi contratado no fim de 2019 e estava em sua segunda passagem pelo Novorizontino. Em 36 jogos, foram 17 vitórias, 13 empates e seis derrotas, além do acesso à Série C do Campeonato Brasileiro. A equipe acabou eliminada para o Floresta-CE na semifinal da Série D, após derrota no último domingo por 2 a 0 no jogo de volta em casa.

Contando com as duas passagens, Roberto Fonseca fez 50 jogos no comando do Novorizontino, com 21 vitórias, 19 empates e nove derrotas. A assessoria do clube afirmou que ainda não há data para anúncio de um novo técnico.