Após amistosos na Europa, Sub-21 do Novorizontino com boas perspectivas na temporada

Além da excelente experiência internacional, o clube abriu portas importantes no mercado europeu

por Agência Futebol Interior

Por Maria Paula Laguna

Novo Horizonte, SP, 14 (AFI) - O resultado desportivo nem sempre é o principal objetivo no futebol. Depois de quase três semanas em solo europeu, o Sub-21 do Novorizontino desembarcou no Brasil, na tarde desta quinta-feira (13), e trouxe na bagagem, além de vitórias, um valioso aprendizado cultural.

Durante a passagem pela cidade de Antália, na Turquia, o grupo, que realizou 7 amistosos contra equipes europeias, também teve a oportunidade de conhecer uma nova língua e a escola europeia de futebol, contou o presidente do Grêmio Novorizontino, Genílson da Rocha Santos, que fez parte da delegação que acompanhou os jovens.

Equipe Sub-21 do Novorizontino brilhou na Europa
Equipe Sub-21 do Novorizontino brilhou na Europa

PRESIDENTE SATISFEITO

“Todas as experiências que vivemos nesse tempo serviram como parâmetro, para que nós possamos direcionar, daqui para frente, o nosso trabalho nas categorias de base do clube.

Entendemos como o nosso processo de formação está sendo construído, comparado aos modelos que são jogados fora do Brasil. Conseguimos ver o comportamento dos atletas quando colocados em situações adversas do cotidiano.

Além disso, pudemos medir o modelo de jogo que o Grêmio Novorizontino vem pregando nas categorias de base. E concluímos que temos mais coisas positivas do que negativas”.

BONS RESULTADOS

Genilson aprovou experiência na Europa
Genilson aprovou experiência na Europa


Na Turquia, o grupo formado por 25 atletas das categorias Sub-17, Sub-20 e Sub-21, conquistou 4 vitórias e 3 derrotas.

Além disso, mais de 30 gols foram marcados pelo Tigre, que sofreu apenas 8, de tradicionais equipes como Zenit (RUS), Dinamo de Moscou (RUS) e Dinamo de Kiev (UCR).

“Lá, os atletas possuem bons aspectos físico e tático, conseguem suportar o jogo o tempo todo.

E de modo geral, o Novorizontino se mostrou a frente, pois além de ter as qualidades físicas e táticas, nosso time consegue ser agressivo de uma maneira conjunta. Mas não deixa de se defender”, disse o presidente Genílson da Rocha Santos.

COMO ELES JOGAM
“Lá eles sabem se defender muito bem, mas não tem a organização para atacar com a mesma intensidade, ou de maneira tão conjunta como nós fizemos.

E esse foi um dos pontos em que os nossos treinadores foram mais questionados. Eles ficaram surpresos com a eficiência do Grêmio Novorizontino”, finalizou Genílson.

MUITA VISIBILIDADE
Além do aproveitamento positivo e do aprendizado, o presidente do Novorizontino destacou a visibilidade dos atletas diante do mercado europeu, já que os amistosos foram acompanhados de perto por empresários e dirigentes de outros clubes.

Dois atletas do clube não retornaram para o Brasil, pois foram negociados por empréstimo, com a opção de compra em definitivo, para o FC Nitra, time da Eslováquia. São eles: o volante Daniel, e o zagueiro João.

Daniel e João ficaram na Europa
Daniel e João ficaram na Europa

TROCA DE EXPERIENCIAS

"As trocas foram muito boas, conseguimos criar negócios, e acredito que possam surgir outros, referentes a situações criadas nessa viagem.

O perfil dos dois atletas ajudou muito, pois eles têm uma boa estrutura e força física, mas também são atletas técnicos, que conseguem fazer um bom jogo.

Com essa troca de experiências, conhecendo outros clubes, aumentamos o nosso networking e vemos novas possibilidades para outros atletas que são formados pelo Novorizontino”, disse o presidente.

Confira os resultados conquistados pelo clube nos amistosos:

Grêmio Novorizontino 0x1 FC Aktobe-CAZ

Grêmio Novorizontino 1x4 Zenit-RUS

Grêmio Novorizontino 1x2 FC Sochi-RUS

Grêmio Novorizontino 17x1 Sport Club Veltheim-SUI

Grêmio Novorizontino 3x0 Dinamo de Kiev-UCR

Grêmio Novorizontino 2x1 FC Alania Vladikavkaz-RUS

Grêmio Novorizontino 3x2 Dinamo Moscow

Mercado da Bola
Novorizontino-SP
Elenco ainda não definido
  • Goleiros

    Gustavo, Oliveira e Vinícius Almeida

  • Laterais

    Celsinho, Felipe Rodrigues, Paulinho e William Formiga

  • Zagueiros

    Adriano, Bruno Aguiar, Edson Silva e Everton Sena

  • Volantes

    Adilson Goiano, Léo Baiano e Vinícius Kiss

  • Meias

    Danielzinho, Elvinho, Higor Leite e Pereira

  • Atacantes

    Capixaba, Cléo Silva, Felipe Marques, Guilherme Queiroz e Thiago Ribeiro

  • Técnico

    Roberto Fonseca