Paulistão: Cléo Silva completa 50 jogos e recebe homenagem do Novorizontino

“Sem palavras para descrever esse momento, não esperava por essa homenagem e estou muito feliz", disse

por Agência Futebol Interior

Novo Horizonte, SP, 09 (AFI) - Na noite da última quarta-feira (7) no Jorjão, após a partida contra o Santos, pela 11ª primeira rodada do Paulistão, que garantiu a vaga da equipe nas quartas de final, Cléo Silva recebeu uma surpresa do Novorizontino.

O encontro, que reuniu a diretoria do clube, teve como propósito presentar o atacante com uma placa, em um símbolo de homenagem pela marca de 50 jogos que disputou pelo clube. Marca importante, pois o Grêmio Novorizontino tem, por ano, uma média de 20 jogos disputados com a equipe profissional.

Surpreso, Cléo comemora a conquista: “Sem palavras para descrever esse momento, não esperava por essa homenagem e estou muito feliz. Veio em um momento muito especial para mim, junto com a nossa classificação", disse.

Genilson da Rocha Santos (Presidente), Sandro Cabrera (Sec. Conselho Deliberativo), Cléo Silva (Atacante), Roberto de Biasi (Vice-Pres. Con. Deliberativo), Luis Prado (Resp. de Marketing), Rose Guerra (Resp. de Comunicação), Luciano Signorini (Assessor de Imprensa). Foto: Thomaz Jannuzzi / Grêmio Novorizontino
Genilson da Rocha Santos (Presidente), Sandro Cabrera (Sec. Conselho Deliberativo), Cléo Silva (Atacante), Roberto de Biasi (Vice-Pres. Con. Deliberativo), Luis Prado (Resp. de Marketing), Rose Guerra (Resp. de Comunicação), Luciano Signorini (Assessor de Imprensa). Foto: Thomaz Jannuzzi / Grêmio Novorizontino
GRATIDÃO

"Só tenho a agradecer ao clube, a torcida e a todos os envolvidos. Sou um atleta do Novorizontino, me identifico e aqui me sinto em casa. Agora vamos continuar no mesmo caminho, com humildade, pé no chão e sempre em busca de fazer história. Espero fazer ainda muito mais pelo Tigre”, finalizou.

Aos 28 anos, Cléo defende as cores preta e amarela do Tigre desde 2015, quando competiu pela série A2 do Paulistão. De lá para cá, esteve presente em toda a história do Novorizontino na elite do futebol paulista, durante a A1 em 2016, 2017 e agora em 2018.

 
 
" />