Novo presidente do líder do Paulista A3 comenta trabalhos: 'Condução será a mesma'

Leandro Palma, o Lelê, assumiu o cargo deixado por Rodrigo Gomes, o Mosca, à frente do Noroeste

por Agência Futebol Interior

Bauru, SP, 24 (AFI) - Mesmo líder do Campeonato Paulista da Série A3, o Noroeste atravessa uma pequena crise. Está com atividades paralisadas há cerca de três meses e precisou trocar de presidente - no final de semana, Leandro Palma, o Lelê, assumiu o cargo deixado por Rodrigo Gomes, o Mosca.

"Já estou acompanhando bem a situação do clube, pois estive junto com o (ex-presidente) Estevan Pegoraro e agora com o Mosca. Infelizmente, o Mosca teve que sair, por motivos pessoais, mas a condução será a mesma", afirmou o dirigente alvirrubro em entrevista ao Jornal da Cidade de Bauru.

"A torcida está ajudando muito, vamos tentar promover alguma coisa para arrecadar um pouco mais e pagar os funcionários. Até a paralisação do campeonato, os salários estavam em dia, mas desde que a competição parou, ficamos sem a cota da federação, que usávamos justamente para pagar os salários", encerrou.

Mosca e Lelê - Foto: Bruno Freitas/Noroeste
Mosca e Lelê - Foto: Bruno Freitas/Noroeste
MOMENTO NO ESTADUAL
A quatro rodadas para o fim da primeira fase, o Noroeste ocupava a liderança isolada com 26 pontos, seis a mais do que o vice-líder EC São Bernardo.

Além de ser o único classificado ao mata-mata, possui também o melhor ataque, com 19 gols; melhor defesa, com cinco gols sofridos; melhor média de público, com 3.479 torcedores por jogo; e um dos artilheiros da competição, Fabrício, com seis bolas nas redes.