Luto! Morre um dos zagueiros mais técnicos da história do Noroeste

Lelo começou no futebol nos campinhos de rua que eram improvisados em Bauru, no início da década de 1960

por Agência Futebol Interior

Bauru, SP, 13 (AFI) - Holmes Rodolfo Martins, o Lelo, de 66 anos, um dos zagueiros mais técnicos que o Noroeste já teve em seus 107 anos de história, morreu na manhã de quarta-feira, vítima de câncer, quando estava internado no Hospital São Lucas, em Bauru.

Segundo o irmão José Richard Martins, Lelo foi diagnosticado há alguns anos com câncer na próstata, que acabou produzindo metástases e atingindo ossos e o fígado.

Lelo começou no futebol nos campinhos de rua que eram improvisados em Bauru, no início da década de 1960. Jogou na Portuguesinha de Bauru e depois fez ao lado de Marco Antônio Machado, entre 1970 e 1972, uma das melhores duplas de defesa que o Norusca já teve, com acessos e disputas na elite do Campeonato Paulista e na Série A do Campeonato Brasileiro.

O velório acontece na tarde desta quarta-feira, na Funerária Municipal da Emdurb, situada na quadra 19 da avenida Rodrigues Alves
O velório acontece na tarde desta quarta-feira, na Funerária Municipal da Emdurb, situada na quadra 19 da avenida Rodrigues Alves
“O Lelo foi o melhor zagueiro com quem tive o prazer de jogar. Era muito técnico. Jogava de cabeça erguida. Desarmava o adversário e saía com o toque de bola. Depois que nós penduramos as chuteiras, ele foi meu auxiliar no comando técnico do Botafogo de Ribeirão Preto, no final da década de 1990, onde conquistamos, juntos, o acesso com a equipe à Primeira Divisão. Ele trabalhou também no Noroeste, fora de campo, e mantivemos uma grande amizade por mais de 40 anos”, revela o ex-companheiro de time e amigo Marco Antônio Machado.

Lelo jogou ainda no Marília Atlético Clube e no XV de Jaú. No Noroeste, foi técnico do sub-20 e auxiliar técnico. Recentemente, Lelo trabalhava como funcionário público no Centro de Apoio Psicossocial III (CAPS 3) de Bauru.

O velório acontece na tarde desta quarta-feira, na Funerária Municipal da Emdurb, situada na quadra 19 da avenida Rodrigues Alves, ao lado do Cemitério da Saudade, onde ocorrerá seu sepultamento, na manhã de quinta-feira, ainda sem horário definido.