Pernambucano: Negociação entre ídolo do Sport e Náutico esfria

Rithely teria desistido de defender o Timbu e foi chamado de "moleque" por ex-empresário

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 01 (AFI) - A chegada de Rithely nos Aflitos parecia ser questão de tempo, mas não deve se concretizar. Sem clube desde que deixou o Atlético-GO, o volante desistiu de defender o Náutico.

De acordo com o empresário Roberto Faustim, que decidiu não representar mais o jogador depois da negociação não se concretizar, Rithely foi "moleque com todo mundo" e recuou do acerto com o Timbu.

Rithely recuou do acerto com o Náutico (Foto: Williams Aguiar/Sport)
Rithely recuou do acerto com o Náutico (Foto: Williams Aguiar/Sport)
"Foi feita uma negociação e aí por conta de auxílio moradia ele não quis ir. Foi a desculpa que ele deu. Eu pessoalmente toquei direto com o pessoal do Náutico. Meu sócio falou com o Hélio dos Anjos e ele foi moleque com todo mundo. Ele aceitou a proposta, depois recusou e disse que eu não poderia falar por ele, só o Tadeu (Cruz), sendo que o Tadeu é meu sócio”, disse Faustim ao portal NE45.

Nos últimos dias, a negociação parecia que seria concretizada depois que Rithely aceitou um contrato por produtividade. Isso porque a questão física tem atrapalhado o volante. Nos últimos três anos, foram apenas 34 jogos.

Rithely, de 30 anos, foi uma indicação do técnico Hélio dos Anos, com quem trabalhou em duas oportunidades: no Goiás e no Sport. No Leão, inclusive, o volante se tornou ídolo, com mais de 350 partidas em oito temporadas.