Série B: Náutico acumula problemas na defesa para confronto direto

O time deve ser comandado mais uma vez por Marcelo Rocha contra o Paraná

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 07 (AFI) - O Náutico acumula desfalques em seu sistema defensivo para o confronto direto desta sexta-feira, contra o Paraná, nos Aflitos, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O zagueiro Rafael Pereira, o lateral-direito Hereda e o lateral-esquerdo Kevyn estão suspensos. O primeiro foi expulso e os outros dois receberam o terceiro amarelo na derrota para o Confiança, por 2 a 0.

Ronaldo Alves (à direita) será uma das novidades no Náutico (Foto: Caio Falcão/Náutico)
Ronaldo Alves (à direita) será uma das novidades no Náutico (Foto: Caio Falcão/Náutico)
Recém-recuperado de uma lesão muscular, Ronaldo Alves será o companheiro de Camutanga na defesa. Na lateral esquerda, Igor Miranda é a única opção da comissão técnica. Essa será sua primeira partida pelo Timbu.

Já o desfalque na lateral direita vai obrigar uma mudança no ataque. Isso porque Bryan, que vinha atuando como ponta, deve voltar para a sua posição de origem, abrindo espaço para Dudu ou Álvaro.

PROVÁVEL E INTERINO
O Timbu deve entrar em campo assim: Anderson; Bryan, Camutanga, Ronaldo Alves e Igor Miranda; Rhaldney, Djavan, Dudu (Álvaro), Jean Carlos e Vinícius; Kieza

Assim como aconteceu em Aracaju, o Náutico será comandado pelo auxiliar Marcelo Rocha. Isso porque o técnico Hélio dos Anjos segue afastado após testar Covid-19, assim como Guilherme dos Anjos, filho e outro auxiliar do treinador.