Náutico inicia reformulação e dispensa capitão do título da Série C: "Sem chão"

Timbu deverá dispensar mais jogadores e acertar a contratações de outros atletas

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 15 (AFI) - O Náutico iniciou uma reformulação em seu elenco em plena disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Prestes a entrar na zona de rebaixamento, o Timbu contratou o atacante Vinícius e dispensou o volante Josa.

Essa foi a segunda passagem de Josa pelo clube pernambucano. O volante, de 36 anos, foi o capitão do título do Campeonato Pernambucano em 2018 e da inédita Série C do Brasileirão em 2019. Josa tem 107 jogos, 11 em 2020, pelo Timbu e dois gols.

"O que chegou para mim foi a situação da dispensa. Foi algo que pegou muito de surpresa, algo que eu realmente não estava esperando. Estou sem chão aqui. Devo resolver minha situação nos próximos dias, mas acredito que Deus está na frente de tudo", disse ele ao Diário.

Fora do Náutico. (Foto: Caio Falcão / Náutico)
Fora do Náutico. (Foto: Caio Falcão / Náutico)
MAIS SAÍDAS?

O zagueiro Rafael Ribeiro e o volante Wagninho também poderão deixar o Náutico. O primeiro tem contrato até novembro, enquanto Wagninho tem vínculo com o clube nordestino até o fim de 2022.

"Estamos finalizando os empréstimos de alguns desses atletas, são os casos de Wagninho e Rafael Ribeiro que estão indo para o Fluminense. Júnior Britez deve ir para o Sampaio Corrêa. Salatiel está fechando os últimos detalhes para viajar para Belém, onde defenderá o Remo, já Lucas Paraíba em breve iremos definir também.

Informo também que hoje iremos anunciar a chegada de três contratações, um meia, um lateral esquerdo e um atacante", disse Edno Melo, presidente do Náutico, ao Diário.

Há seis jogos sem vencer, o Náutico ocupa a 16ª colocação, com 15 pontos, um na frente do Botafogo-SP, primeiro dentro da zona de rebaixamento.