Presidente de time da Série B pode deixar cargo para ser vereador

Edno Melo disse que recebeu o convite, mas ainda não decidiu qual será sua escolha

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 24 (AFI) - O Náutico pode ver o presidente Edno Melo deixar o cargo antes do esperado após o dirigente receber um convite para concorrer a vereador em Recife pelo partido Cidadania.

Se aceitar, Edno Melo terá que deixa a presidência do Náutico. Existe uma regra que diz que dirigentes de associações esportivas precisam se licenciar pelo menos quatro meses antes das eleições.

Edno Melo pode deixar a presidência do Náutico
Edno Melo pode deixar a presidência do Náutico
As eleições estão marcadas para o dia 4 de outubro, mas está em votação no Senado para que sejam adiadas para o dia 15 de novembro devido a pandemia do novo coronavírus.

"Existiu o convite, mas ainda não decidi nada. Eu ainda estou avaliando se vale a pena ou não", disse Edno Melo ao Diário de Pernambuco.

Caso Edno Melo aceite o convite do Cidadania para se candidatar como vereador, a presidência do Timbu será ocupada por Diógenes Braga, que atualmente é o vice-presidente de futebol.

Presidente do Náutico há dois anos e meio, Edno Melo foi reeleito por aclamação no final do ano passado e tem mandato até 2021.