Pernambucano: Náutico tenta retorno de lateral ex-Chape e deve renovar com campeões

O volante Jhonnatan, o lateral-esquerdo Erick Daltro e o zagueiro Fernando Lombardi ficarão no Timbu para 2020

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 07 (AFI) - Em processo de montagem do elenco para a disputa do Campeonato Pernambucano e também já pensando no Campeonato Brasileiro da Série C, a diretoria do Náutico sonha com a contratação do lateral-direito Bryan.

No começo da semana, ele deixou a Chapecoense, que manteve 10% do atleta visando uma venda futura. O defensor tem 23 anos e foi revelado pela própria Chape, apesar de ter passado também pelas categorias de base do Juventude.

Antes de ganhar espaço no time profissional, ele foi emprestado ao Concórdia, em 2016, e ao Náutico, em 2018, quando teve boas atuações na disputa da Série C.

De volta ao time catarinense após a passagem satisfatória por Recife, não teve muitas oportunidades, tanto que fez apenas 11 partidas na temporada, com um gol marcado.

Bryan - Foto: Márcio Cunha / Chapecoense
Bryan - Foto: Márcio Cunha / Chapecoense
A última aparição dele foi no dia 13 de outubro, no empate por 1 a 1 com o Cruzeiro, pela 25ª rodada do Brasileirão. A diretoria do Timbu, porém, considera que a negociação é muito difícil.

RENOVAÇÕES!
Até o momento, a equipe alvirrubra já confirmou a permanência de alguns atletas que conquistaram o título brasileiro da Série C, casos do zagueiro Diego Silva, do lateral-esquerdo William Simões, do volantes Josa, do meia Jean Carlos e do atacante Matheus Carvalho.

O atacante Salatiel Júnior, ex-Sampaio Corrêa, também foi anunciado como reforço. Nos próximos dias, é provável que o volante Jhonnatan, o lateral-esquerdo Erick Daltro e o zagueiro Fernando Lombardi assinem a extensão do vínculo contratual.

“De fato a gente pretende até sexta-feira finalizar algumas renovações para a partir daí avançar para outro estágio do planejamento que é a prospecção de possíveis reforços, com os finais das Séries A e B. Já acertamos a parte financeiras com esses atletas, restando apenas questões burocráticas”, disse o vice-presidente Diógenes Braga em entrevista ao Superesportes.