Série C: Gilmar Dal Pozzo faz mistério antes da sua reestreia pelo Náutico

Timbu enfrentará o Treze em Campina Grande neste sábado pela 4ª rodada do Grupo A

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 17 (AFI) - O técnico Gilmar Dal Pozzo resolveu esconder a escalação em sua reestreia pelo Náutico. De olho no G4 do Grupo A, o Timbu pegará o Treze neste sábado, às 19h15, no Estádio Amigão, em Campina Grande, pela 4ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. O comandante não sabe se terá o lateral-direito Hereda e o volante Jhonnatan que foram poupados do treino desta sexta-feira.

A dupla sentiu bastante o jogo do meio de semana em que os pernambucanos superaram o Campinense e garantiram vaga na Copa do Nordeste 2020. Hereda acusou dores no tornozelo direito. Já Jhonnatan deixou o jogo bem desgastado e quase desmaiou no vestiário, segundo o próprio Dal Pozzo revelou em entrevista coletiva.

"Não (divulgo a escalação) por uma razão simples. Ainda não temos informação 100% de quem estará disponível. Vamos ter uma conversa com eles, um feedback, ouvir deles também, e ouvir do departamento médico também. Houve dois atletas que, ontem, fizeram exames para investigar. A gente ainda não tem acesso a esses exames. Vamos conversar com o DM para tomar a decisão. Depois dessas avaliações, a gente define a equipe", disse o comandante.

Gilmar Dal Pozzo fará mistério na escalação do Náutico. (Foto: Léo Lemos / Náutico)
Gilmar Dal Pozzo fará mistério na escalação do Náutico. (Foto: Léo Lemos / Náutico)
Quem entra?
Na lateral esquerda, Josa ficaria com a vaga de Hereda. Assim, Jiménez voltaria ao meio-campo na vaga que estava com o próprio Josa. No lugar de Jhonnatan, Danilo Pires - recuperado de lesão - é o favorito, mas Wagninho corre por fora.

"A gente trabalha os conceitos. A marcação mais adiantada, agressiva e, depois, a gente baixa linha para o meio de campo. No início, vou fazer a pressão alta e baixa. Vamos ver se a gente consegue fazer mais vezes a pressão baixa, para jogar mais no contra-ataque. Não podemos deixar o Treze gostar do jogo. É uma equipe de qualidade. Se deixar eles circularem, criarem situações de gol, vamos encontrar dificuldade. Fazendo uma pressão alta, tornamos o jogo mais competitivo e conseguimos controlar melhor", completou Dal Pozzo.

Na 5ª colocação com três pontos, o Náutico deve ir a campo com: Bruno; André Krobel, Camutanga, Suéliton e Hereda (Josa); Jiménez, Jhonnatan (Danilo Pires) e Luiz Henrique; Thiago, Odilávio e Wallace Pernambucano.