Justiça condena e Náutico terá que pagar R$1,5 milhão para o Corinthians por Acosta

A ação se refere ao empréstimo do atacante uruguaio ao time pernambucano em meados de 2009

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 02 (AFI) - Em fase de planejamentos para a temporada de 2019, onde irá disputar o Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste e Série C do Campeonato Brasileiro, o Náutico deve uma triste notícia no final da noite desta quinta-feira. Isso por que, o Tribunal de Justiça de São Paulo condenou o clube a pagar R$ 1,5 milhão para o Corinthians. A ação se refere ao empréstimo do atacante uruguaio Acosta ao time pernambucano em meados de 2009.

Justiça condena e Náutico terá que pagar R$1,5 milhões para o Corinthians por Acosta
Justiça condena e Náutico terá que pagar R$1,5 milhões para o Corinthians por Acosta

O Departamento Jurídico do Náutico está estudando uma maneira de recorrer a essa decisão, mas entende que será muito difícil reverter por já ser uma ação em segunda instância.

Após estourar no Náutico em 2008, o atacante Acosta foi contratado pelo Corinthians, que no ano seguinte, resolveu emprestar o atleta de volta ao Timbu. É esse valor de empréstimo que o time paulista cobra na justiça.

A dívida inicial era de cerca de R$ 595 mil. Em 2011, as duas equipes fizeram um acordo e esse valor caiu para R$300 mil mas mesmo assim, o Timbú não pagou nenhuma das sete parcelas ao Timão.

Até por conta disso, com o passar dos anos, os juros aumentaram e a dívida se tornou ainda maior. Problema para o Náutico, que nove anos depois terá que pagar uma quantia bastante alta em uma fase complicada para o clube.

 
 
" />