Atacante do Mogi Mirim explica origem do apelido incomum

Ele ganhou o apelido na Ferroviária, seu ex-clube

por Agência Futebol Interior

Mogi Mirim, SP, 03 (AFI) - Apelidos! Muitos jogadores famosos não são conhecidos pelos próprios nomes. Isso é cada vez mais comum. O atacante do Mogi Mirim, Leandro Marcos Pereira, ainda não é conhecido nem por causa de seu nome e nem por causa de seu apelido, Leandro Banana.

"Foi quando iniciei os treinamentos nas categorias de base da Ferroviária-SP. Um amigo que me levou para fazer os testes no time de Araraquara tinha o apelido de Banana. Colocaram o apelido e ele ficou. Não vejo problema algum nisso”, explicou o atacante do Mogi Mirim.

Com apenas 20 anos, ele já defendeu Coritiba-PR e Internacional-RS. Natural de Araçatuba-SP, Leandro pesa 75 quilos e mede 1,90 metro e chega ao Mogi Mirim sabendo das dificuldades que terá pela frente.

“A diretoria está montando um time forte e para o ataque existem bons jogadores. Mas vim para conseguir meu espaço e espero ajudar o clube a conseguir a vaga no Brasileiro”, comenta Leandro Banana.

Além dos reforços e treinos, o Mogi Mirim se prepara para mais amistosos. Ainda existem mais três jogos-treinos programados pela comissão técnica do Sapão da Mogiana. No próximo dia 7 de janeiro, pela manhã, o adversário será a Ferroviária - time da Série A2 - na Arena.

No dia 11, o Mogi Mirim vai até Rio Claro enfrentar o Velo Clube, time da Série A2. A sequência de teste será encerrada no dia 14 de janeiro, na Arena do Sapo, contra o Grêmio Barueri, outro time da Série A2.

A estreia do Sapão da Mogiana será no dia 22 de janeiro, às 19h30, em Catanduva, contra o Grêmio Catanduvense, no Estádio Silvio Salles.

 
 
" />