Paulistão: Focado em fugir da degola, Mirassol está pronto para encarar Palmeiras

Esse será o 10º jogo entre as duas equipes desde o ano de 2008, quando se enfrentaram pela primeira vez

por Oscar Silva

Mirassol, SP, 08 (AFI) - O Mirassol faz um jogo de suma importância em termos de pontuação para afastar de vez o medo do rebaixamento e continuar a sua permanência na elite do Paulistão na próxima temporada. Neste sábado, às 16h45, o Leão da Araraquarense encara o forte time do Palmeiras, que deve atuar com reservas, no José Maria de Campos Maia, o famoso 'Maião'.

Na classificação, o time leolino é o 13º colocado com oito pontos. É o 10º jogo entre as duas equipes desde o ano de 2008, quando se enfrentaram pela primeira vez.

VANTAGEM PALMEIRENSE
O Verdão leva ligeira vantagem. São cinco vitórias do time comandado pelo técnico Felipão, dois empates e duas vitórias do Leão da Araraquarense. O Alviverde marcou em quinze oportunidades, enquanto a defesa palmeirense sofreu treze tentos. O primeiro confronto aconteceu no dia 26 de janeiro de 2008, na Arena Barueri e deu empate 2 a 2. A maior façanha do quadro mirassolense foi a goleada imposta pelo placar de 6 a 2, no dia 27 de março de 2013, no Maião. Na oportunidade, o técnico era Ivan Baitello, hoje gerente geral do time leolino.

Focado em fugir da degola, Mirassol está pronto para encarar Palmeiras
Focado em fugir da degola, Mirassol está pronto para encarar Palmeiras

Em 2009, o Mirassol foi derrotado por 3 a 2, em casa. Um ano depois em São Paulo, aconteceu empate 1 a 1. Em 2011, duas vitórias do Palmeiras. 1 a 0, em Mirassol e 2 a 1, em São Paulo. Em 2012, o Verdão foi surpreendido em casa e perdeu por 1 a 0. Nos últimos dois anos foram dois triunfos palmeirense. 2 a 0, em São Paulo e repetiu o mesmo placar em Mirassol. No Maião, foram disputados quatro jogos com três vitórias palmeirense e um revés.

Na classificação atual, o Mirassol soma oito pontos em vinte e sete disputados e é o 13º colocado no geral. Atrás vem o São Bento e Botafogo com quatro e São Caetano com sete. Vale ressaltar que os dois últimos colocados independente de grupo serão rebaixados para a Série A2, em 2020. O Palmeiras, no geral é o terceiro colocado com 18 pontos

SETOR ESGOTADOS
O Setor Amarelo para os visitantes e as cadeiras cobertas verdes estão esgotadas para o duelo deste sábado. No setor amarelo foram vendidos em torno de 2,6 mil ingressos. Foram disponibilizados 12 mil bilhetes e ainda há disponíveis para as arquibancadas verde, azul e cadeiras cobertas amarelas. A cadeira coberta custa R$ 160, com opção de meia entrada a R$ 80. A arquibancada sai por R$ 80 a inteira e R$ 40 a meia.

As entradas podem ser compradas no estádio José Maria de Campos Maia, o Maião, das 10h às 12h30 e das 14h30 às 19 horas. Além do Maião, o torcedor tem opção como na loja Todo Sports, que fica na rua Antônio Prado, 2380, e na Fanáticos, na rua Santo Antônio, 2326, ambos no centro de Mirassol e em Rio Preto, o Seu Bar, na rua Antônio de Godoy, 3732, Redentora, como também na cidade de Catanduva, a venda acontece na Acad emia Store, localizada na avenida Engenheiro José Nelson Machado, 280, no Centro.

ESCALAÇÃO
Para encarar o Palmeiras, o lateral direito Daniel Borges deverá ser a novidade após cumprir suspensão automática. Com isso, Maílton deve sair. No gol, Tiago Cardoso segue fora com problemas no púbis. Matheus Aurélio e Gustavo Gomes, disputam posição, mas a tendência e Aurélio ser o titular, pois vem de atuações no campeonato.

O provável Mirassol: Matheus Aurélio(Gustavo Gomes); Daniel Borges, William Alves, Leandro Amaro e Alex Ruan; Yuri (Riccieli), Léo Baiano e Jean Carlos; Rodolfo, Felipe Augusto e Wilson (Zé Roberto).