Série D: Técnico do Mirassol acredita na conquista do título na Rússia

Moisés Egert destacou a ausência de Luan e Arthur, do Grêmio, na convocação, mas destacou a coerência de Tite

por Oscar Silva

Mirassol, SP, 15 (AFI) - O Portal Futebol Interior conversou com uma série de técnicos para saber qual a opinião deles sobre a convocação brasileira para a Copa do Mundo, feita por Tite, na última segunda-feira. Um dos entrevistados foi o treinador Moisés Egert, do Mirassol, que vem fazendo uma boa campanha no Campeonato Brasileiro da Série D, no qual busca uma vaga ao acesso à Série C do Brasileiro da próxima temporada.

"Primeiro, como torcedor, a gente vai estar sempre torcendo para que tudo de certo. O Tite está usando uma coisa que nós treinadores temos que usar no futebol, que é a coerência. Acho que hoje nós estamos numa situação de confiança com o título devido ao Tite. Até então existia uma desconfiança muito grande e, desde que ele assumiu, houve uma mudança principalmente de gestão trazendo confiança aos atletas e hoje a seleção brasileira é uma das favoritas ao título”, afirmou.

“Com relação a convocação e escalação, ela é muito pessoal e, principal de tudo, ele esta usando a coerência. Pra mim ele convocou o que tinha que convocar óbvio. Na minha opinião poderia pelo menos o Arthur estar nessa convocação, mas quando você fala de seleção brasileira é uma atualidade e momento. Outro nome é o Luan, juntamente com o Arthur, foram considerados o melhores atletas da Libertadores, no entanto o Luan, melhor atleta das Américas, e o Arthur, foi escolhido o melhor jogador da final no primeiro tempo e eles vem jogando junto com o Grêmio em alto nível”, continuou.

“O Tite está no caminho certo e ele está levando aquilo que é de sua confiança e futebol é assim e são opiniões e a gente entende independente de quem vai jogar se diverge com relação a Fred e Taíson, são bons atletas também e a seleção está bem servida e ela é favorita e tem tudo para sair campeão do mundo. Estamos torcendo para o Tite, comissão técnica e atletas no objetivo de trazer o caneco que será muito importante para todos nós profissionais nesse momento, treinadores, atletas e para o país na conquista", finalizou o treinador mirassolense.

 
 
" />