Artilheiro do Mineiro Sub 14 de 2018 é alvo de disputa entre América-MG e Cruzeiro

Coelho tem o apoio do Movimento de Formação do Futebol de Base (MFFB); Raposa diz que Vitor Roque não quer mais atuar pelo clube rival

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 12 (AFI) - Uma verdadeira novela envolve América Mineiro e Cruzeiro. Isso porque o Coelho acusa a Raposa de aliciamento a Vítor Roque, atacante de 14 anos, artilheiro do Campeonato Mineiro Sub 14 de 2018, com oito gols - tanto que até já acionou o Ministério Público do Trabalho.

O América tem o apoio do Movimento de Formação do Futebol de Base (MFFB), formado por coordenadores de bases de equipes de todo o país, que entendem que o time celeste não foi ético na negociação. O clube americano afirma que os cruzeirenses desvirtuaram o propósito de formação ao tratarem um adolescente como jogador consolidado.

Vitor Roque (Foto: Arquivo Pessoal/Instagram)
Vitor Roque (Foto: Arquivo Pessoal/Instagram)
O Cruzeiro, por outro lado, diz que Vitor Roque não quer mais atuar pelo rival. Por isso, os desdobramentos podem ser variados.

Em um primeiro momento, existe a possibilidade de a Raposa ser excluída de torneio relevantes da categoria Sub 15, como a Copa Nike.

Por outro lado, a participação em competições da Federação Mineira de Futebol, entidade estadual filiada à CBF, está garantida. Uma possibilidade para extinguir o processo é o América receber uma compensação financeira e/ou manter direitos sobre o jovem.