Justiça mineira dá "ok" e time da Série D deve anunciar goleiro Bruno

O Operário-VG já tem tudo acertado com o jogador de 35 anos, que cumpre regime semiaberto em Varginha-MG

por Agência Futebol Interior

Várzea Grande, MT, 17 (AFI) - Parece ser questão de tempo o anúncio da contratação do goleiro Bruno por parte do Operário-VG. A Justiça de Minas Gerais autorizou a transferência do jogador de 35 anos.

Entre Operário-VG e Bruno já havia acontecido um acerto, mas o goleiro precisava ser liberado pela Justiça mineira para morar em outro estado, pois está cumprindo regime semiaberto.

Nesta sexta-feira, o Ministério Público de Minas Gerais deu o sinal positivo para que a transferência fosse concretizada. Depois foi a vez do juiz Tarciso Moreira de Souza autorizar.

Bruno está próximo de ser anunciado como reforço do Operário-VG (Foto: Arquivo Pessoal)
Bruno está próximo de ser anunciado como reforço do Operário-VG (Foto: Arquivo Pessoal)
Agora, o processo será encaminhado para o Tribunal de Justiça de Mato Grosso, que vai repassá-lo para a comarca de Execuções Penais de Várzea Grande. Só no fim de tudo isso é que Bruno chega ao Operário-VG.

Em 2020, o Operário VG tem calendário cheio com as disputas do Campeonato Mato-Grossense, Copa Verde, Copa do Brasil e a Série D do Campeonato Brasileiro.

SENTENÇA
O camisa 1 está preso desde 2010 pelo assassinato de Eliza Samúdio e pelo sequestro e cárcere privado do filho Bruninho, que hoje vive com a avó, mas vem cumprindo pena no regime semiaberto em Varginha (MG). Lá, chegou a defender o Boa Esporte por cinco partidas, em 2017.

Antes do crime, se destacou pelo Atlético Mineiro e teve uma rápida passagem pelo Corinthians, sem sequer entrar em campo, até que chegou ao Flamengo, pelo qual conquistou o tricampeonato carioca, entre 2007 e 2009 e o Brasileirão de 2009.