MT: Goleada com rebaixamento;Time da Série D dá adeus ao estadual

por Jorge Maciel - Futebolpress

Cuiabá, MT, 14 (AFI) - O Luverdense venceu o Sorriso por 1 a 0, gol de pênalti marcado por Simeão, e assumiu a ponta da Chave A; o Barra do Garças, mesmo tendo perdido para o Araguaia, por 1 a 0 se mantém na liderança da Chave B; e o Mixto voltou a perder, e de goleada, 4 a 1, para o Vila, e dá matematicamente adeus ao campeonato.

Confira também:
MS: Time que levou de dez do Santos empata; Águia dispara

Mas, o grande destaque da rodada foi o chocolate que o Cuiabá aplicou em cima do Cáceres, vencendo por 11 a 1. Esta foi a maior goleada do Campeonato Matogrossense até o momento e confirmou o rebaixamento do Caceres no campeonato estadual.

Estrela do clássico
No "clássico da soja", disputado na noite deste domingo, em Lucas do Rio Verde, deu Luverdense em cima do Sorriso: 1 a 0, gol de Wellington Simeão, de pênalti, no início da etapa complementar. O jogo foi muito disputado já que reunia os dois melhores times da Chave "A". Com o resultado, o Luverdense fica na liderança da Chave "A" com 19 pontos ganhos, ficando o Sorriso com um ponto a menos. O Luverdense é o único invicto na competição e com um jogo a menos, tendo a defesa menos vazada da competição.

Apesar da vitória ter sido através de uma penalidade máxima existente, o quatro árbitro Cláudio Marques da Silva e o auxiliar Marcelo Grando, são da cidade de Sorriso e acabaram tumultando a partida. Vivendo um bom momento no futebol nacional, o Mato Grosso sofre com a completa falta de planejamento do departamente de árbitros da Federação de Futebol do Mato Grosso que comete o absurdo de escalar juizes de cidades com times envolvidos na partida.

Parcial, o quarto árbitro Cláudio Marques da Silva, alegando ter um comentário de uma emissora de rádio de Sorriso, mandou expulsar o treinador Tarcísio Pugliesi, do Luverdense, sem qualquer motivo. Assim, o Luverdense acabou prejudicado, ficando sem seu treinador durante todo o segundo tempo.

Outra estrela
Em Barra do Garças, onde o líder perdeu a invncibilidade para o Araguaia por 1 a 0, mas se manteve na liderança, a estrela não poderia deixar de ser o árbitro Natal Lucas, que deixou a violência correr solta e permitiu, ao ser indiferente, que torcedores jogassem pedras (há uma obra ao lado) no campo e no bandeirinha.

Mixto matematicamente fora
No Luthero Lopes, no jogo que seria o começo da ascensão do Mixtoa deu tudo errado. Apesar de ter saído na frente, com Euclides, o Alvinegro foi goleado por 4 a 1, para o Vila Aurora. Com o resultado, o Mixto fica sem nenhuma condições de sonhar com o G4. O clube não conseguiu nenhuma vitória e está na vice-lanterna, com apenas quatro pontos.

Atropelamento no Félix Belém
No jogo em Campo Verde, o Cuiabá aplicou a maior goleada do campeonato até agora: 11 a 1 sobre o Cáceres, time que já está rebaixado e que não conseguiu um ponto sequer na competição

Veja os resultados da 12ª rodada do Matogrossense

Sábado
Sinop 0 x Operário
Palmeiras 1 x 0 União

Domingo
Luverdense 1 x 0 Sorriso
Vila Aurora 4 x 1 Mixto
Cacerense 1 x 0 Crac
Cuiabá 11 x 1 Cáceres
Araguaia 1 x Barra