Segundona: Zagueiro do Marília analisa boa fase defensiva: 'Trabalho do elenco'

Guilherme Café também está na expectativa de se recuperar a tempo para o segundo jogo da decisão

por Federação Paulista (FPF)

Marília, SP, 31 - No próximo sábado, o Paulista recebe o Marília, pelo segundo jogo da final da Segundona Paulista. A partida será realizada no Estádio Jayme Cintra, às 16h. O primeiro jogo da decisão ficou em um empate por 0 a 0.

Um dos trunfos do Marília atualmente é a sua defesa, que tem a menor média de gols sofridos na competição, com apenas 19 em 27 jogos. Guilherme Café, um dos destaques defensivos da equipe, reitera que a marca expressiva se deve ao trabalho do elenco inteiro, além de muito esforço e treinamento.

“Tudo isso é fruto de muito trabalho dedicação e foco. Eu e o meu companheiro de zaga, o Gutierrez, acabamos nos encaixando bem. A nossa boa fase defensiva também se deve muito ao restante da nossa equipe, que é muito qualificada e talentosa. Isso facilita muito para todos nós da defesa”, disse.

O xerife também já tem um belo histórico na competição. O jogador conseguiu dois acessos seguidos para a Série A3, e inclusive, fez o gol do acesso do Comercial na edição passada.

Foto: Matheus Dahsan/Marília Atlético Clube
Foto: Matheus Dahsan/Marília Atlético Clube
“Uma sensação incrível, é gratificante também conseguir dois acessos consecutivos com dois grandes clubes, com camisas pesadas e com nome no cenário nacional", ressaltou.

Para o segundo jogo da decisão, o atleta está confiante e com a expectativa de se recuperar a tempo de uma intoxicação alimentar.

“A expectativa é a melhor possível, estamos bem confiantes para a partida. Eu peguei uma intoxicação alimentar, estou me recuperando. Se eu conseguir me recuperar e puder jogar, eu vou dar o meu melhor, como eu sempre venho fazendo”, concluiu.