COPA DA INGLATERRA: Rooney faz história, Manchester United vence e se classifica

Com o gol marcado logo aos seis minutos, o jogador chegou a 249 com a camisa do clube, igualando Bobby Charlton, que estava no estádio

por Agência Estado

Campinas, SP, 07 - O Manchester United goleou o Reading neste sábado, em Old Trafford, e garantiu vaga na próxima fase da Copa da Inglaterra, mas as atenções da partida foram todas para Wayne Rooney. O atacante abriu o placar no triunfo por 4 a 0 e entrou de vez para a história ao se tornar o maior artilheiro da história do clube.

Com o gol marcado logo aos seis minutos da primeira etapa, Rooney chegou a 249 com a camisa do Manchester United, igualando ninguém menos que Bobby Charlton, que estava no estádio para acompanhar o feito do atacante. Vale lembrar que o jogador já é o recordista de gols com a camisa da seleção inglesa.

Há cerca de 12 anos e meio no Manchester United, Rooney chegou ao Manchester ainda como promessa em 2004, vindo do Everton, aos 18 anos. De lá para cá, foram 543 partidas necessárias para que ele igualasse o feito do lendário Bobby Charlton, que marcou os mesmos 249 gols, mas em 758 jogos.

O recorde de Rooney foi alcançado logo aos seis minutos de jogo neste sábado. Martial fez grande jogada pela esquerda e rolou para Mata, que finalizou mal. No meio do caminho, no entanto, o atacante desviou para marcar. Ele mesmo ainda teve pelo menos outras duas ótimas oportunidades até o apito final, mas não foi desta vez que conseguiu se isolar na ponta da artilharia do clube.

GOLEADA
Se Rooney não marcou outros gols, o Manchester contou com o talento de seu elenco para chegar à goleada. Apenas oito minutos depois da abertura do placar, Martial fez bela tabela com Mata pelo lado esquerdo, invadiu a área e finalizou com estilo, cruzado, para ampliar.

Com o triunfo encaminhado, o Manchester diminuiu um pouco o ritmo, mas não deixou de atacar. Em busca de seu gol, Rashford finalmente balançou a rede aos 29 minutos do segundo tempo. Ele recebeu lançamento primoroso de Carrick e ficou sozinho para arrancar e tocar na saída do goleiro.

Desestabilizado, o Reading ainda levou o quarto, em falha bizarra de seu goleiro. Aos 33, Al Habsi tocou para Gunter e recebeu de volta. Apertado por Rashford, na hora de tentar chutar para frente com o pé esquerdo, viu a perna direita tocar na bola, o que deixou o atacante do Manchester sozinho para marcar.

aaa