Atacante do Manchester City se diz contra volta do futebol antes do fim da pandemia

Sterling ainda revelou ter sofrido perdas de pessoas próximas à ele na Inglaterra pela covid-19

por Agência Estado

Campinas, SP, 13 - O atacante Raheem Sterling, do Manchester City, afirmou ser contrário a um possível retorno em breve do Campeonato Inglês. Em entrevista ao jornal The Sun, o jogador revelou que algumas pessoas próximas a ele estão entre as vítimas fatais da pandemia do novo coronavírus no Reino Unido.

"Um amigo muito próximo perdeu sua avó. Membros da minha família também morreram. Assim, temos de ser sábios e cuidar de nós e de quem nos rodeia", disse o atacante. O Campeonato Inglês está paralisado, porém há entre os clubes o plano de conseguir retomar as atividades em breve para terminar o calendário de partidas previstas para a temporada.

Atacante do Manchester City se diz contra volta do futebol antes do fim da pandemia
Atacante do Manchester City se diz contra volta do futebol antes do fim da pandemia
Na mesma entrevista, Sterling cobrou que só tenha futebol quando existir condições de saúde.

"Todos nós gostamos de futebol, somos apaixonados pelo esporte e queremos que o futebol volte. Mas ainda estamos passando por uma pandemia. Quando voltarmos, precisamos estar seguros que não seja só por razões futebolísticas e que seja seguro para todos nós", comentou.

DECISÃO
No início desta semana, o governo britânico decidiu que o Inglês poderá voltar a ser disputado em junho, mas com algumas restrições. O plano é que o retorno dos jogos de futebol aconteça sem a presença da torcida nos estádios.

O isolamento social e a quarentena foram impostos no país em março, o que impediu a continuação do Campeonato Inglês, paralisado na 29ª rodada (são 38 no total).

Quando interrompida, a competição tinha o Liverpool na liderança disparada, com 82 pontos, 25 à frente do vice-líder Manchester City, de Sterling. O primeiro colocado precisa de apenas duas vitórias para selar o título nacional.