Guardiola critica atuação do City, mas diz que gol deu 'confiança' a Jesus

Treinador não gostou da postura de seus comandados, principalmente no segundo tempo

por Agência Estado

Campinas, SP, 07 - O técnico Pep Guardiola não ficou nada satisfeito com a atuação do Manchester City nesta quarta-feira, na derrota por 2 a 1 para o Basel, em casa. Apesar de conseguir a vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões e jogar com a tranquilidade de quem havia goleado por 4 a 0 na ida, na Suíça, o treinador não gostou da postura de seus comandados, principalmente no segundo tempo.

"Nós esquecemos de atacar, de jogar. Passamos a bola pelo motivo apenas de passar a bola. Tocar a bola significa mover os adversários, atacar, mas ao passar apenas com o objetivo de passar, não significa nada. Nosso segundo tempo foi muito, muito pobre", considerou.

Diante de uma atuação esquecível de sua equipe, então, a boa notícia ficou por conta de Gabriel Jesus. O atacante atuou os 90 minutos e foi responsável pelo gol da equipe logo aos sete, seu primeiro desde a grave lesão no ligamento do joelho esquerdo sofrida no último dia do ano passado.

"É importante que o Gabriel Jesus tenha jogado os 90 minutos. Quando você fica fora por muito tempo, precisa encontrar o ritmo para retornar. Este gol vai dar confiança para ele", afirmou Guardiola. "Desde que ele voltou, tinha jogado duas ou três partidas, então é normal que tenha dificuldade para marcar o gol."

Com a classificação, o City segue em busca de seu primeiro título da Liga dos Campeões. Antes das quartas de final, porém, volta as atenções para o Inglês, pelo qual vai visitar o vice-lanterna Stoke City na próxima segunda. O time de Manchester é o líder disparado da tabela, com 78 pontos, 16 a mais que o segundo colocado Manchester United.

 
 
" />