Série C: Toninho Andrade não resiste a goleada e é demitido do Madureira

O substituto deve ser o auxiliar-técnico Bruno Reis, qu está no clube desde o início do ano

por Agência Futebol Interior

Madureira, RJ, 31 (AFI) - Toninho Andrade não resistiu a goleada sofrida no último sábado para o Juventude, por 5 a 0, no Alfredo Jaconi, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, e teve sua demissão confirmada pela diretoria do Madureira nesta segunda-feira. A tendência é que o auxiliar-técnico Brunos Reis ocupe o cargo até o fim da temporada, mas não está descartada a chegada de um treinador mais experiente.

Toninho Andrade fez um grande trabalho no Carioca, mas não conseguiu repetir a dose na Série C
Toninho Andrade fez um grande trabalho no Carioca, mas não conseguiu repetir a dose na Série C
Depois de surpreender no comando do Madureira durante o Campeonato Carioca, quase conseguindo a classificação para ase semifinais no lugar do Fluminense, Toninho Andrade não conseguiu repetir o mesmo desempenho na Série C e deixa o Tricolor Suburbano na oitava colocação do Grupo B, com 11 pontos, dois a mais que o Guaratinguetá, primeiro da zona de rebaixamento.

"São coisas normais do futebol. A gente sabe que é assim. Quando alguma coisa não funciona bem é necessário uma troca. Vou continuar na torcida para que o time ao menos se mantenha na Série C. Deixo o time fora da zona de rebaixamento, mas, se isso acontecer, não vou carregar nenhuma culpa, pois fiz o meu melhor. Só tenho a agradecer a todos no clube por tudo que foi feito nesse período", comentou Toninho Andrade, que comandou o Madureira em 32 jogos, com 11 vitórias, 12 empates e nove derrotas.

No lugar de Toninho Andrade, a diretoria deve efetivar o auxiliar e ex-jogador Bruno Reis, que está no clube desde o início do ano. A estreia será no próximo sábado, contra o Guarani, às 11 horas, no Estádio Aniceto Moscoso, pela 15ª rodada da Série C.

 
 
" />