Série B: 'A situação é muito difícil', admite técnico do Londrina

Time londrinense vai jogar as duas rodadas finais sob grande risco de rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Londrina, PR, 18 (AFI) - Sem vencer há seis jogos, com cinco derrotas e um empate, o Londrina tem duas rodadas para se livrar do rebaixamento na Série B e não depende apenas das próprias forças para completar a missão. O cenário preocupa o técnico interino Silvinho, que prefere adotar um discurso realista.

“A situação é muito difícil, ela nos deixa muito chateados. Feliz pela entrega dos jogadores, pelo que eles fizeram, pela luta que tiveram. Pela demonstração de amor ao clube, de garra. Infelizmente não conseguimos o resultado e lamentamos bastante o empate. Agora temos que torcer para alguns clubes e na esperança de continuar na luta”, afirmou o treinador.

Foto: Gustavo Oliveira / LEC
Foto: Gustavo Oliveira / LEC
SECANDO O FIGUEIRENSE
O Londrina é o primeiro time dentro da zona de rebaixamento, com 36 pontos somados, três a menos que o Figueirense, o primeiro fora da degola. O próximo compromisso do Londrina será contra o lanterna e praticamente rebaixado São Bento, nesta quinta-feira. Uma vitória sobre o time paulista somada a uma derrota do Figueirense garante a ultrapassagem do Tubarão, que tem vantagem de dez a sete no número de vitórias.

“É claro que o emocional conta muito. Pela situação que o clube está vivendo, o emocional conta mais que o físico. Mas temos que esperar o jogo do Figueirense, esperar alguns resultados e acreditar sempre. Ainda há uma esperança. Enquanto houver esperança, vamos atrás dos resultados. É secar um pouco o Figueirense para nas duas últimas partidas fazer o planejamento do que pode buscar”, comentou Silvinho.