Dirigente fala que jogadores são 'porcarias' e promete faxina em time da Série B

Derrota para o Operário fez gestor do Londrina, Sérgio Malucelli, subir o tom em entrevista

por Agência Futebol Interior

Londrina, PR, 12 (AFI) - A derrota por 2 a 1 em casa para o Operário neste sábado, pela 28º rodada da Serie B, esquentou o clima no Londrina.

Após a partida, o gestor do clube, Sérgio Malucelli, subiu o tom e chamou os atletas de "porcarias" e prometeu uma lista de dispensa para este domingo.

Curioso, mesmo porque foi o próprio dirigente que contratou todo o elenco, além de ter fala de interferir nos trabalhos de todos os profissionais que passam pelo clube.

VEJA AQUI CARTOLA CHAMANDO ELENCO DE PORCARIAS !

"Eu peço desculpa para nosso torcedor pela vergonha de perdermos para os reservas do Operário.

Eu não culpo os jogadores, culpo eu mesmo por contratar essas porcarias.Vou fazer uma limpa amanhã e vou mandar alguns jogadores embora.

Se eu fosse jogador, eu pedia para ir embora, se tivesse vergonha na cara", disse.

PENALTI NO FINAL
O tropeço em casa com direito a pênalti desperdiçado por Júnior Pirambu aos 45 do segundo tempo complicou de vez a situação do clube na Série B.

Com 31 pontos, na 16º posição, está apenas um ponto distante da zona de rebaixamento. O Vila Nova, 17º colocado, tem 30.

Malucelli desabafou após tropeço
Malucelli desabafou após tropeço

SÓ UM MILAGRE
Para Malucelli, somente um milagre salva o Londrina do rebaixamento.

"Acredito num milagre, porque no time não acredito mais não. E na torcida, que pode ajudar, mas é difícil", explica.

Após a partida, somente o gestor falou com a imprensa.

O Londrina joga novamente em casa na próxima rodada. Na terça-feira, recebe o Figueirense, às 19h25, em Londrina.