Série C: Lateral ‘burrão’ do Londrina pode ser dispensado após pênalti infantil

Com o empate diante do Guarani, o Londrina chegou aos 18 pontos e se manteve na quarta posição do Grupo B

por Agência Futebol Interior

Londrina, PR, 11 (AFI) – Ter colocado a mão na bola dentro da área e ‘ajudado’ o Guarani a pelo menos empatar pode ter custado a titularidade do lateral-esquerdo Allan Vieira (foto abaixo) no Londrina. Diretoria e comissão técnica não entendem até agora a atitude do jogador, que deverá ser punido.

O Londrina vencia o jogo por 2 a 1 até os 48 minutos do segundo tempo, quando o lateral, de forma grotesca e infantil colocou a mão na bola após cruzamento de escanteio. Pênalti claro. Fumagalli foi para a cobrança e converteu. Gestor do clube, Malucelli disse estudar alguma medida pelo lance.

"Vou conversar antes com o Tencati. Não podemos correr o risco de punir o jogador e prejudicar o time como um todo. Até porque agora é difícil fazer novas contratações e seguimos na briga pela classificação", comentou o dirigente.

Tudo indica que a reapresentação do Londrina não foi nada bem. Ele disse que se recusou a entrar no vestiário após a partida contra o Guarani. Tamanha indignação com o resultado. E sobrou para todo mundo. O treinador Claudio Tencati ‘pagou geral’.

"A cobrança será em todo o elenco. É inadmissível deixarmos escapar uma vitória como a de sábado. O time terá que buscar pelo menos quatro pontos nos dois jogos fora de casa", completou o ‘homem forte’ do Tubarão.

Com o empate diante do Guarani, o Londrina chegou aos 18 pontos e se manteve na quarta posição do Grupo B.