Liga dos Campeões: Klopp vê Bayern em alta e pede Liverpool 'excepcional' para avançar

"Nós somos fortes o suficiente para fazer um jogo duro e esta é a única coisa que podemos esperar em uma situação assim", disse

por Agência Estado

Campinas, SP, 12 - Depois do empate por 0 a 0 na Inglaterra, Bayern de Munique e Liverpool decidem uma vaga às quartas de final da Liga dos Campeões nesta quarta-feira, na Alemanha. O time de Jürgen Klopp precisará ir para o ataque, já que necessita ao menos de um empate com gols para avançar. E o treinador garantiu que seus comandados estão prontos para o desafio.

"Nós somos fortes o suficiente para fazer um jogo duro e esta é a única coisa que podemos esperar em uma situação assim. É isso que estou pensando: como podemos causar problemas que eles nunca tiveram diante de outros oponentes nesta temporada? Eles tem adversários fortes, mas se estivermos em nosso melhor, podemos ser excepcionais, que é o que precisamos ser", declarou Klopp.

Liga dos Campeões: Jürgen Klopp vê Bayern de Munique em alta e pede Liverpool 'excepcional'
Liga dos Campeões: Jürgen Klopp vê Bayern de Munique em alta e pede Liverpool 'excepcional'
COMPLICADO
O Liverpool enfrentará um adversário em alta nesta quarta. Afinal, depois de um péssimo início de temporada, o Bayern sofreu apenas uma derrota nas últimas 17 partidas, deixou a má fase para trás e assumiu a liderança do Campeonato Alemão.

"Eles estão em um momento diferente, obviamente. É uma fase muito mais positiva para o Bayern, no topo da tabela, vencendo jogos confortavelmente. Então, eles estão de volta ao rumo certo, se é que o deixaram em algum momento. Gosto disso, não porque acho que é mais fácil, apenas porque mostra o quão forte eles são", apontou o treinador.

OLHO NELE!
Entre os destaques do Bayern, Klopp pediu atenção especial com Lewandowski, artilheiro da Liga dos Campeões nesta temporada com oito gols.

"O Lewandowski é um atacante de primeiro nível, não há dúvida. Mas ele tem forças e diferenças diferentes, não é como se pudéssemos anular uma coisa e ele a deixasse de fazer", considerou.