Paulistão: Após derrota para o Palmeiras, técnico entrega o cargo no Linense

Em rápido contato por telefone, o treinador confessou que se reuniu com a diretoria ainda no domingo

por Agência Futebol Interior

Lins, SP, 20 (AFI) - Guilherme Alves não é mais treinador do Linense no Campeonato Paulista. Ele entregou o cargo à diretoria na manhã desta segunda-feira, na reapresentação após a goleada por 4 a 0 para o Palmeiras no último domingo. O resultado desta 4ª rodada manteve o time com três pontos no Grupo B, apenas a um da Ferroviária, primeiro na zona de classificação à próxima fase. O time já tem compromisso na quarta-feira, contra a Ponte Preta em Lins.

Em rápido contato por telefone, o treinador confessou que se reuniu com a diretoria ainda no domingo, após o jogo da Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara, e optou por deixar o clube na manhã desta segunda. Ele chegou ao Linense em novembro de 2016, mas antes estava no Vila Nova-GO disputando a Série B do Campeonato Brasileiro. Seu trabalho de maior destaque foi no Novorizontino, já que tirou o clube da Série A3 até a elite do estadual.

Guilherme Alves não é mais treinador do Linense para o Paulistão
Guilherme Alves não é mais treinador do Linense para o Paulistão
Junto com Guilherme Alves, o auxiliar Jorge Raulli também deixou o Linense. Sem comandante, a diretoria se reuniu ainda pela manhã para decidir quem estará na área técnica contra a Ponte, pela 5ª rodada, às 19h30 da próxima quarta-feira, no estádio Gilberto Siqueira Lopes. Sem muitas opções, o gerente de futebol Fausto Momente pode ser o interino. Hoje dirigente, ele foi um dos grandes ataques que passaram por Lins, onde conquistou a Série A2 em 2010.

Guilherme Alves é o segundo treinador que cai ainda no começo desde Campeonato Paulista. Antes, Antônio Picolli também deixou a Ferroviária para dar lugar a Paulo César de Oliveira, treinador da Seleção Brasileira de Futebol e agora em Araraquara. Curiosamente os dois estão no Grupo B, que tem o São Paulo na liderança, com sete pontos e há três jogos sem perder, e com o Red Bull Brasil na lanterna, somando apenas pontos e ainda sem vencer.

CONFIRA A NOTA OFICIAL DO TREINADOR:

"Nota Oficial

Quero agradecer a todos funcionários, dirigentes, jogadores e torcedores que me receberam tão bem durante o período em que estive no comando do Linense. Entendi, porém, que era o momento de deixar o clube.

Os jogadores se dedicaram ao máximo, treinaram muito e tentaram de tudo, mas
os resultados não vieram da maneira que eu esperava. Além disso, não conseguimos também trazer alguns atletas que precisávamos e cheguei à conclusão que seria melhor que outro profissional chegasse e tentasse melhorar a campanha do clube.

Fico na torcida para que o Linense se recupere na competição.

Obrigado a todos,

Guilherme Alves"

 
 
" />