Liga dos Campeões: Técnico do Liverpool não vê surpresa com equilíbrio no grupo

O alemão Jürgen Klopp quer o time inglês totalmente focado no duelo decisivo contra o PSG

por Agência Estado

São Paulo, SP, 27 - A temporada ainda nem chegou à metade, mas o Liverpool encara nesta semana jogos decisivos para as suas pretensões na Liga dos Campeões da Europa e no Campeonato Inglês.

Nesta quarta-feira, o desafio será contra o Paris Saint-Germain, em Paris, pela quinta e penúltima rodada da fase de grupos da competição continental, e no domingo o compromisso será o clássico local contra o Everton, no estádio Anfield Road, pelo torneio nacional.

O técnico do time, o alemão Jürgen Klopp, afirmou nesta terça-feira que quer o Liverpool 100% focado no Paris Saint-Germain, pois uma derrota pode deixar o clube muito perto da eliminação na Liga dos Campeões, na qual é o atual vice-campeão.

O técnico Jürgen Klopp destacou a importância dessa semana para o Liverpool
O técnico Jürgen Klopp destacou a importância dessa semana para o Liverpool
"Não me recordo de uma semana em que temos que pensar muito em como disputar cada partida decisiva. Mas não podemos ficar pensando no segundo jogo agora. Temos que focar o primeiro e isso já é grande o bastante. É um grande trabalho a fazer", afirmou.

NENHUMA SURPRESA
O Grupo C é um dos mais equilibrados da Liga dos Campeões. Napoli e Liverpool lideram com seis pontos casa, o Paris Saint-Germain tem cinco e a surpresa Estrela Vermelha conquistou quatro. Também nesta quarta-feira, os napolitanos recebem o sérvios no estádio San Paolo, na Itália.

Klopp não vê surpresa alguma neste equilíbrio na chave.

"A situação de agora (na chave) é o que as pessoas gostariam de ver mais na Liga dos Campeões. Geralmente são dois times favoritos e os outros dois disputam a vaga na Liga Europa. Mas na nossa chave não é assim. Está tudo em aberto e nós ajudamos com nossas vitórias em casa e derrotas fora", analisou o treinador.

Para a partida no estádio Parque dos Príncipes, Klopp relacionou 21 jogadores. Entre eles está o atacante senegalês Sadio Mané, que era dúvida por estar gripado.

 
 
" />