Guardiola pede 'jogo perfeito' contra o Liverpool e minimiza virada para o United

"Precisamos fazer um jogo perfeito. Teremos que fazer um jogo emocional", disse

por Agência Estado

São Paulo, SP, 09 - O técnico Josep Guardiola minimizou nesta segunda-feira a dura virada que o Manchester City sofreu diante do rival Manchester United, no sábado, pelo Campeonato Inglês. E avisou que o resultado não abalou a confiança da equipe, virtual campeã inglesa, na véspera da partida contra o Liverpool, pelas quartas de final da Liga dos Campeões.

"Estou feliz por termos perdido como perdemos para o United. Não gosto de perder e estamos tristes, mas temos mais seis chances [para sacramentar o título]. O jeito como jogamos foi incrível. Estou feliz", afirmou o treinador, ao avaliar a performance dos seus jogadores. O City só precisava da vitória para confirmar o título.

Segundo Guardiola, o elenco do seu time reagiu bem diante da dura virada no fim de semana, o que lhe dá confiança para o duelo de terça. "A reação deles foi incrível. Há sempre algo a melhorar. O que aconteceu no sábado não mudará minha opinião sobre a nossa temporada porque o meu time fez um jogo extraordinário", comentou.

Guardiola pede 'jogo perfeito' contra o Liverpool e minimiza virada para o United
Guardiola pede 'jogo perfeito' contra o Liverpool e minimiza virada para o United

Depois de levar a virada no Inglês, o City terá que buscar a sua própria virada na Liga dos Campeões. Isso porque levou 3 a 0 do Liverpool no jogo de ida, fora de casa. Assim, terá que mostrar serviço para superar o rival nesta terça-feira e buscar a vaga nas semifinais da competição europeia.

"Precisamos fazer um jogo perfeito. Teremos que fazer um jogo emocional", disse Guardiola. "Teremos que ser clínicos. Se não o conseguirmos, será uma boa lição para o futuro porque não estamos aqui por alguns meses, mas por um longo período, principalmente os jogadores."

O treinador reconheceu que o Manchester City ainda busca o título da Liga dos Campeões para se consolidar entre os grandes do continente. Até agora, após exaustivo investimento nos últimos anos, o clube inglês não passou das semifinais da competição.

"Precisamos de títulos na Europa. É complicado, mas precisamos de noites de jogo que façam as pessoas entender isso. Futebol, assim como a vida, é um desafio. Como a vida, estamos felizes de encarar este desafio", declarou o técnico, que comandará a sua equipe em casa, no Etihad Stadium, nesta terça.

 
 
" />