Libertadores: Marcelo Fernandes aposta em jogos na Vila para Santos 'renascer'

Na última terça-feira, o Peixe saiu derrotado para o Boca Juniors por 2 a 0

por Agência Estado

Campinas, SP, 28 - Marcelo Fernandes lamentou muito a dura derrota para o Boca Juniors após um primeiro tempo bom em La Bombonera. Mas esbanja confiança que a equipe ainda tem totais condições de ir às oitavas de final mesmo largando com duas derrotas na Libertadores. E aposta nos dois jogos seguidos na Vila Belmiro para fazer o Santos "renascer" na competição.

O treinador, que ainda não sabe quando um substituto efetivo para Ariel Holan vai chegar, evita o discurso cabisbaixo e prefere motivar seu elenco com o famoso "nada está perdido".

Foto: Santos/Twitter
Foto: Santos/Twitter
Depois do vice-campeonato na temporada passada, com derrota na final para o Palmeiras com gol nos acréscimos, o Santos planejou ir longe novamente nesta edição. Desta forma, nada de jogar a toalha precocemente.

"Ainda temos 12 pontos a disputar. Vamos jogar duas partidas seguidas em casa, na Vila Belmiro. É uma situação muito boa para que a gente possa fazer uma grande apresentação e somar esses primeiros pontos, porque a equipe ainda tem todas as condições de conseguir a classificação", discursou Marcelo Fernandes.

Na terça-feira, dia 4 de maio, o rival será o The Strongest. No dia 11 é a vez de hospedar o Boca Juniors. Ter 100% de aproveitamento será vital pela briga por uma vaga.

"Não estou contente pelo resultado (contra o Boca), mas feliz pelo desempenho e pela vontade que os jogadores tiveram", elogiou Marcelo Fernandes, sem saber o que fará com jogos importantes e não menos importantes no Paulistão.

No sábado há visita ao Bragantino. Antes de encarar o Boca Juniors novamente, clássico com o Palmeiras e jogo diante do São Bento. Assim como o atual campeão estadual, pode também deixar o Estadual de lado por resgate na Libertadores.