Conmebol confirma final da Copa Libertadores no Maracanã sem presença de público

Palmeiras e River; Santos e Boca Juniors duelam por vaga na grande decisão

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 05 (AFI) - A CONMEBOL e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) determinaram que a final da Copa Libertadores da América, prevista para 30 de janeiro, seja disputado sem público, esfriando assim o desejo dos torcedores de Palmeiras e Santos a comparecerem em uma possível decisão.

A final única da CONMEBOL Libertadores, prevista para 30 de janeiro no Rio de Janeiro, será disputada sem a presença de espectadores, como vem ocorrendo nos mais de 2100 jogos disputados nos torneios locais no Brasil, desde a volta do Futebol.

A medida foi adotada em comum acordo pelo Presidente da CONMEBOL, Alejandro Domínguez, e o Presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo.

Maracanã não vai ter público na Libertadores
Maracanã não vai ter público na Libertadores

NEGADO!
A atual situação de pandemia COVID 19, ainda em expansão na América do Sul, não permite a realização de um evento desta magnitude e importância com presença de público, ainda que seja com capacidade reduzida.

A resolução é coerente com a posição declarada pela CONMEBOL desde o início da pandemia no sentido de trabalhar pelo retorno das competições no continente, porém tomando os máximos cuidados para preservar a saúde de todos os membros da família do futebol sul-americano.

Pela segunda vez na história, a CONMEBOL Libertadores será definida através de uma final única, desta vez tendo como sede o lendário estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

ÚLTIMO TREINO DO MENGO ANTES DO FLA-FLU DO BRASILEIRÃO

Espaço incorporado por HTML (embed)

SEMIFINAL
Por uma vaga na final, o Palmeiras enfrenta o River Plate nesta terça-feira, às 21h30, em Avellaneda, enquanto o Santos desafia o Boca Juniors na quarta, às 21h30, na La Bombonera.