São Paulo 5 x 1 Binacional - Tricolor goleia e está na Copa Sul-Americana!

Com o placar, os brasileiros foram aos sete pontos, na terceira colocação, deixando os peruanos na lanterna, com três

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 20 (AFI) - O São Paulo está garantido na Copa Sul-Americana, competição que conquistou em 2012. Na noite desta terça-feira, no Morumbi, em São Paulo (SP), os comandados do técnico Fernando Diniz receberam o Binacional, pela sexta e última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América, e golearam: 5 a 1!

Com o placar, os brasileiros foram aos sete pontos, na terceira colocação, deixando os peruanos na lanterna, com três. Na outra partida do Grupo D, o River Plate venceu a LDU, por 3 a 0, no Libertadores de America, em Avellaneda, na Argentina. Dessa forma, os argentinos ficaram na liderança, com 13, um ponto acima dos equatorianos.

VEJA OS GOLS DA GOLEADA DO TRICOLOR:

Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

PRIMEIRO TEMPO
Com menos de um minuto, o São Paulo quase abriu o placar. Pablo cruzou, a bola pegou o caminho da meta e obrigou o goleiro Raúl Fernández a se esticar para fazer o desvio. A zaga visitante surgiu para afastar o perigo, mas se atrapalhou toda e carimbou o travessão.

A resposta peruana saiu na sequência. Aos dois, Daniel Alves foi desarmado por Héctor Zeta, que arriscou da intermediária e forçou o goleiro Tiago Volpi a tocar para escanteio. O placar foi aberto aos seis, com Vitor Bueno acertando um tirambaço no ângulo esquerdo.

Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

AINDA TENTANDO

Os donos da casa seguiram tentando. Aos 11, Tchê Tchê cruzou rasteirinho da direita, mas Brenner não conseguiu tocar para dentro. Já aos 32, Tchê Tchê recebeu cruzamento de Léo e bateu na diagonal. A bola se perdeu em escanteio após dois desvios no meio do caminho.

De tanto tentar, os tricolores ampliaram - mas em um lance curioso. Aos 34, Vitor Bueno, Igor Gomes e - novamente - Vitor Bueno finalizaram com extremo perigo na mesma jogada até que a bola sobrou limpa para Brenner, sem goleiro, empurrar para o fundo das redes.

O Binacional conseguiu descontar com um lindo gol. Aos 39, Jean Deza, que entrara na vaga de Héctor Zeta, aos 26, driblou Tchê Tchê, puxou para dentro e bateu bonito na bola, acertando a gaveta esquerda. Sem chances de defesa para Tiago Volpi.

Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

SEGUNDO TEMPO
O São Paulo voltou do intervalo disposto a fechar a fatura o mais rápido possível. E conseguiu.

Logo aos cinco minutos da etapa final, Igor Gomes cruzou para Pablo, que dominou no peito e girou lindo voleio para ampliar.

Aos oito, Pablo desviou escanteio, a bola beijou a trave e se ofereceu para Arboleda, que aproveitou e confirmou a goleada.

SOB O TRAVESSÃO
Já aos 14, Léo fez excelente jogada pela esquerda e cruzou para Brenner, que se esticou no carrinho e mandou por cima do travessão.

Mesmo com a vitória garantida, os brasileiros seguiram criando. Tchê Tchê foi à linha de fundo, aos 26, Luan chegou batendo de primeira e carimbou a trave direita. Aos 39, Toró acionou Pablo, que fez belo pivô e fechou o placar.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
6ª rodada
Data
20/10/2020
Horário
21h30
Local
Morumbi - São Paulo (SP)
Árbitro
Facundo Tello (ARG)

Assistentes
Juan Belatti (ARG) e Pablo González (ARG)

Cartões Amarelos
São Paulo-BRA: Tchê Tchê

Gols
São Paulo-BRA: Vitor Bueno 6' 1T, Brenner 34' 1T, Pablo 5' 2T, Arboleda 8' 2T, Pablo 39' 2T
Binacional-PER: Jean Deza 39' 1T
São Paulo-BRA
Tiago Volpi;
Tchê Tchê, Arboleda, Bruno Alves e Léo;
Luan (Toró);
Vitor Bueno (Helinho), Igor Gomes (Paulinho Bóia) e Daniel Alves (Rodrigo Nestor);
Pablo e Brenner (Tréllez).
Técnico: Fernando Diniz
Binacional-PER
Raúl Fernández;
Ángel Pérez, Camilo Mancilla, Fajardo Pinchi e Jeickson Reyes;
Labrin Secién, Ariel Guachiré e Ángel Ojeda;
Angles Quispe e Johan Arango (Sebastian Gularte);
Héctor Zeta (Jean Deza).
Técnico: Javier Arce