Técnico do Tolima elogia Inter, mas vê espaços para jogo pela Libertadores

Duelo acontecerá nesta quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Manuel Murillo Toro, em Ibagué

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 18 (AFI) - Hernán Torres quer eliminar mais um clube brasileiro na Libertadores. Se em 2011, o Tolima passou pelo Corinthians, agora, o desafiante será o Internacional. O confronto de ida acontecerá nesta quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Manuel Murillo Toro, em Ibagué, na Colômbia.

Enquanto clubes brasileiros têm dificuldades para estudar adversários de fora do país, Torres mostrou que conhece muito bem o Colorado e até sabe como atacar os gaúchos.

"Todas as equipes têm um calcanhar de Aquiles. Eles atacam com muitos homens, mas voltam em velocidade. O Moisés é um dos que faz isso muito bem. Eles têm jogadores muito técnicos, que não costumam perder a bola. Mas quando uma equipe usa muitos jogadores no ataque, deixa muitos espaços. Aí está a inteligência da equipe", disse ele.

Torres vê espaços. (Foto: Divulgação)
Torres vê espaços. (Foto: Divulgação)
ELOGIOS!

O treinador do Tolima, no entanto, rasgou elogios aos comandados de Eduardo Coudet. A partida de volta será na semana que vem, às 21h30, no Beira-Rio, em Porto Alegre.

"Vamos enfrentar um grande rival, que fez história no futebol internacional, com grandes jogadores e um excelente técnico. É normal que isso passe. O Inter é uma equipe histórica, campeã não só no Brasil. É lógico que apontem o Inter como favorito. Mas tem que jogar partida. Vamos ver o que passa", disse o técnico do Tolima, Hernán Torres.

O Tolima deverá atuar com Montero; Marulanda, Quiñónes, Moya e Banguero; Gordillo, Robles, Campaz, Albornoz e Estupiñan; Rodriguez.