Corinthians x Guaraní-PAR - Timão joga em casa por vaga na 3ª fase da Libertadores

Como o gol fora de casa é critério de desempate, caso o Guaraní marque um ou mais gols, força o Corinthians a vencer por dois gols

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 11 (AFI) – O Corinthians terá uma missão complicada nesta quarta-feira, às 21h30, pela segunda fase da Copa Libertadores. Depois de perder fora de casa por 1 a 0 para o Guaraní, do Paraguai, o Timão precisa sair para o ataque na Arena Itaquera ao mesmo tempo em que evita tomar gols.

Como o gol fora de casa é critério de desempate, caso o Guaraní marque um ou mais gols, força o Corinthians a vencer por dois gols de diferença. Qualquer empate favorece os paraguaios. O único resultado que leva a decisão para os pênaltis é o triunfo brasileiro por 1 a 0.

O Corinthians é assombrado na pré-Libertadores desde 2011, quando foi o primeiro brasileiro a cair antes da fase de grupos, diante do Tolima, da Colômbia. Vale lembrar, porém, que o clube alvinegro se sagrou campeão no ano seguinte.

COMO VEM O CORINTHIANS

O Corinthians decidiu cancelar o treino de segunda-feira após a capital paulista amanhecer com o trânsito parado e com diversos pontos de enchente. A única atividade antes do duelo foi nesta terça-feira.

O técnico Tiago Nunes ainda não confirmou a escalação para a partida de volta, mas Lucas Piton deve ficar com a vaga de Sidcley na lateral esquerda e Pedrinho, que estava na seleção brasileira sub-23, substituirá Everaldo.

Contratado para ser titular, Sidcley tem demonstrado que ainda está longe da forma física ideal. Na derrota no jogo de ida por 1 a 0, os paraguaios utilizaram os espaços deixados pelo lateral para atacar o Corinthians. Piton foi titular na derrota para a Inter de Limeira, pelo Paulistão, no domingo e teve atuação regular.

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
ADVERSÁRIO EM ÓTIMO MOMENTO

O Guaraní, do Paraguai, vive ótimo momento. Bater o Corinthians em Assunção foi mais uma boa atuação do time que está invicto no ano.

A equipe comandada pelo técnico argentino Gustavo Costas lidera o campeonato nacional, com dez pontos conquistados em quatro jogos. Foram três vitórias e um empate, com oito gols marcados e apenas três sofridos.

O técnico argentino Gustavo Costa não confirmou a equipe, mas a ideia é jogar com uma linha defensiva de cinco jogadores, ao menos na parte inicial da partida para segurar o Corinthians e atacar pelas laterais.

Edgar Benítez, que se lesionou no primeiro jogo, foi relacionado, mas não deve iniciar como titular. Maná foi quem o substituiu e pode ser uma opção para este jogo também.

Ficha Técnica

Fase
Segunda Fase
Rodada
2ª rodada
Data
12/02/2020
Horário
21h30
Local
Arena Corinthians - São Paulo (SP)
Árbitro
Nestor Pitana (ARG)

Renda
R$ 2.225.657,34
Assistentes
Juan Belatti (ARG) e Julio Fernandez (ARG)

Público
40.327 pagantes
Cartões Amarelos
Corinthians-BRA: Gil, Camacho, Cantillo, Pedrinho
Guaraní-PAR: Baez, Benitez , Romaña

Cartões Vermelhos
Corinthians-BRA: Pedrinho
Gols
Corinthians-BRA: Luan 8' 1T, Boselli 31' 1T
Guaraní-PAR: Fernandez 7' 2T
Corinthians-BRA
Cássio;
Fagner, Pedro Henrique, Gil e Sidcley (Lucas Piton);
Camacho (Janderson), Cantillo e Luan;
Pedrinho, Boselli e Vagner Love (Gustavo).
Técnico: Tiago Nunes
Guaraní-PAR
Servio;
Iván Ramírez, Rolando García (Maná), Romaña e Báez;
Guillermo Benítex, Morel, Florentin (Bobadilla) e Ángel Benítez;
Redes e Fernández (Edgar Benítez).
Técnico: Gustavo Costa