Internacional 3 x 2 Palestino-CHI - Com 2 de Guerrero, Colorado se classifica

O peruano foi o grande destaque do time ao lado de Nico López, com três assistências

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 09 - Com atuações brilhantes de Guerrero e Nico López, mas também falhas da sua defesa, o Internacional correu riscos de voltar a tropeçar em casa na Copa Libertadores, mas não decepcionou o torcedor que encheu o Beira-Rio. Nesta terça-feira, o time gaúcho derrotou o chileno Palestino por 3 a 2, pela quarta rodada do Grupo A, e já assegurou a passagem às oitavas de final.

Espaço incorporado por HTML (embed)

O triunfo levou o Inter aos dez pontos, na liderança da chave, contra quatro do segundo colocado Palestino. River Plate, com três, e Alianza Lima, com apenas um, completam o grupo e vão completar a rodada na quinta-feira, no Monumental de Nuñez, que estará com os portões fechados.

A partida desta terça-feira lembrou o duelo da última quarta, quando o Inter abriu 2 a 0 sobre o River Plate e cedeu a igualdade. Foi, afinal, exatamente isso que aconteceu, após o time ter um início fulminante. Mas dessa vez a equipe gaúcha conseguiu marcar um terceiro gol para triunfar e passar de fase, mesmo tendo Guilherme Parede expulso.

Para esse triunfo, pesaram os dois gols de Guerrero, que havia estreado no fim de semana também indo às redes, agora brilhando com a camisa do Inter na Libertadores e sob os olhares do técnico Ricardo Gareca, da seleção peruana, que esteve presente ao Beira-Rio. E Nico López foi o outro destaque do time ao dar três assistências, além de ter exibido ótimo entendimento com o centroavante.

O Inter agora volta as suas atenções para a final do Campeonato Gaúcho, sendo que o primeiro duelo com o Grêmio será domingo, no Beira-Rio. Pela Libertadores, o próximo compromisso será apenas em 24 de abril, em Lima, diante do Alianza.

ARRASADOR!
O Inter não deu sossego ao Palestino no início da partida no Beira-Rio. Em busca da vitória que lhe garantiu antecipadamente nas oitavas de final, o time impôs uma blitz sobre o time chileno e abriu o placar aos dez minutos, quando Nico López fez cruzamento rasteiro para Patrick, que finalizou às redes.

Internacional derrota o Palestino
Internacional derrota o Palestino

A vantagem não fez o Inter tirar o pé. O time seguiu no campo de ataque, com a marcação agressiva e ampliou o placar aos 21 minutos diante de um adversário que parecia atordoado. Dessa vez, Nico López roubou a bola na esquerda e avançou até acionar Paolo Guerrero, que deu um drible seco no seu marcador e deslocou o goleiro adversário em seu chute.

Parecia um início de jogo perfeito, mas o Inter começou a sofrer com problemas, a começar pela perda de Rodrigo Dourado, lesionado - foi substituído por Rithely. E o time, que não manteve a intensidade inicial, ainda foi vazado aos 40 minutos, com o Palestino aproveitando falha de Marcelo Lomba. No lance, após cobrança de falta, Cuesta rebateu errado, Fernández subiu dividindo com Lomba e cabeceou. A bola acertou no travessão e o chileno aproveitou para empurrá-la às redes.

SOFREU!
Para piorar a situação do Inter, a defesa voltou a vacilar no começo da etapa final. Aos dois minutos, Rosende foi lançado na ponta direita e cruzou na pequena área, onde Passerini se antecipou a Moledo na segunda trave e cabeceou para as redes.

O Inter não jogava bem e buscava pressionar o Palestino, mas de modo desorganizado. Só que aí Nico López e Guerrero apareceram novamente. Aos 20 minutos, o uruguaio fez cruzamento para o peruano ganhar disputa com Véjar e cabecear para as redes, recolocando o time em vantagem.

O placar era favorável, mas o Inter não teve muita tranquilidade até o fim do jogo, ainda mais que Guilherme Parede, que entrou durante o segundo tempo, foi expulso aos 35 minutos. Mas dessa vez o time conseguiu sustentar a vantagem, já assegurando a passagem às oitavas de final da Libertadores.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
4ª rodada
Data
09/04/2019
Horário
21h30
Local
Beira-Rio - Porto Alegre (RS)
Árbitro
Carlos Orbe (EQU)

Renda
R$ 1.836.545,00
Assistentes
Byron Romer (EQU) e Edwin Bravo (EQU)

Público
38.469 pagantes (41.410 presentes)
Cartões Amarelos
Internacional-BRA: Patrick, D'Alessandro
Palestino-CHI: Ahumada, Guerrero, Del Pino, Alejandro González

Cartões Vermelhos
Internacional-BRA: Guilherme Parede
Gols
Internacional-BRA: Patrick 10' 1T, Guerrero 21' 1T, Guerrero 21' 2T
Palestino-CHI: Julián Fernández 42' 1T, Passerini 2' 2T
Internacional-BRA
Marcelo Lomba;
Zeca, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago;
Rodrigo Dourado (Rithely), Edenílson, Patrick (Guilherme Parede), D'Alessandro (Willian Pottker) e Nico López;
Paolo Guerrero
Técnico: Odair Hellmann
Palestino-CHI
Ignacio González;
Soto, Alejandro González, Del Pino (Guerrero) e Véjar;
Fernández, Farías, Rosende, Cortés e Jiménez;
Passerini (Ahumada
Técnico: Ivo Basay