Flamengo x Cruzeiro - Primeiro capítulo na reedição da final da Copa do Brasil 2017

Volta acontece em 29 de agosto, às 21h45, no Mineirão; quem passar vai encarar o classificado entre Libertad e Boca Juniors

por Agência Futebol Interior

Rio de janeiro, RJ, 07 (AFI) - Menos de uma temporada se passou desde que Flamengo e Cruzeiro decidiram a Copa do Brasil. Se a Raposa levantou o troféu em 2017, o Rubro-negro quer, em 2018, conquistar uma revanche e avançar às quartas de final. Nesta quarta-feira, a partir das 21h45, as duas equipes se enfrentam pela partida de ida das oitavas de final da Conmebol Libertadores.

Na Fase de Grupos, o Mengão teve mais dificuldades do que o esperado, mas conseguiu o segundo lugar do Grupo 4 - foram dez pontos conquistados através de quatro empates e duas vitórias. A Celeste, por outro lado, liderou o Grupo 5, considerado o “Grupo da Morte” - conseguiu 11 pontos, além de ter goleado a Universidad de Chile por 7 a 0, em casa, e o Vasco, em São Januário, por 4 a 0. O confronto de volta acontece em 29 de agosto, às 21h45, no Mineirão. Quem passar vai encarar o classificado entre Libertad e Boca Juniors.

Maurício Barbieri (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)
Maurício Barbieri (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

O RUBRO-NEGRO
O técnico do Flamengo, Maurício Barbieri, ganhou a confirmação dos jogadores que poderá utilizar durante as oitavas de final.

Os atacantes Uribe e Vitinho, o volante Piris da Mota, reforços anunciados nas últimas semanas, e o meia-atacante Matheus Sávio, que atuou por empréstimo pelo português Estoril no primeiro semestre, mas retornou, são as novidades na lista, que perdeu os negociados Everton (São Paulo), Vinicius Junior (Real Madrid), Felipe Vizeu (Udinese) e Jonas (Al-Ittihad).

Para a partida, o treinador não terá o meia Paquetá, suspenso e o atacante Paolo Guerrero, lesionado. Assim, a confirmação quem atuará no sistema ofensivo deve sair momentos antes do jogo.

"Nós temos um grupo que é muito maduro. Os jogadores são experientes e estão acostumados com decisões. Encaramos esse jogo contra o Cruzeiro como uma, mas sem colocar grau de importância em relação ao Brasileirão ou a Copa do Brasil. Todos estão motivados e mobilizados para esse jogo. Vamos manter os pés no chão, pois é um jogo de 180 minutos. Vamos procurar sair com uma vantagem, mas sem desesperar", disse o comandante rubro-negro.

Arrascaeta (Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro E.C.)
Arrascaeta (Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro E.C.)

A RAPOSA
O técnico do Cruzeiro, Mano Menezes, fez mistério na atividade que encerrou a preparação: fechou o treino e não revelou quem atuará no meio e no ataque, setores em que estão as principais dúvidas. Como foram poupados no jogo anterior, contra o Vitória, pelo Brasileirão, Rafinha e Raniel podem aparecer entre os titulares.

Assim, Robinho ou Thiago Neves perderiam a vaga no meio e o centroavante Barcos ficaria entre os suplentes.Considerando que o duelo será na casa do rival e diante das características ofensivas do Flamengo, é possível também que a Raposa tenha uma escalação mais cautelosa, com três volantes.

"Sem dúvida que gera uma expectativa muito grande, porque ganhar a Copa Libertadores pode significar muito para nós e para o torcedor celeste. O ânimo fica lá em cima para jogos como este. Tentaremos minimizar a característica positiva do adversário, jogadores que movimentam muito ou muito rápidos, e vamos, obviamente, criar as chances para sair de lá com o resultado positivo. Precisamos manter a calma", disse o meia Arrascaeta.

Ficha Técnica

Fase
Oitavas de final
Rodada
1ª rodada
Data
08/08/2018
Horário
21h45
Local
Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro
Nestor Pitana-ARG

Renda
R$ 3.273.749,00
Assistentes
Hernan Maidana-ARG e Gustavo Rossi-ARG

Público
41.533 pagantes (45.967 no total)
Gols
Cruzeiro-BRA: Arrascaeta 9' 1T, Thiago Neves 32' 2T
Flamengo-BRA
Diego Alves;
Rodinei (Pará), Réver, Léo Duarte e Renê;
Cuéllar, Jean Lucas (Vitinho), Éverton Ribeiro e Marlos (Lincoln);
Uribe
Técnico: Maurício Barbieri
Cruzeiro-BRA
Fábio;
Edilson, Dedé, Léo e Egídio;
Henrique, Lucas Silva, Robinho (Rafinha), Thiago Neves (Ariel Cabral) e Arrascaeta;
Barcos (Raniel)
Técnico: Mano Menezes
 
 
" />