Palmeiras x Boca Juniors - O fantasma do passado retorna à São Paulo!

O time argentino eliminou o Verdão do torneio nos anos de 2000 e 2001

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 10 (AFI) – Após o traumático vice-campeonato do Paulistão com derrota nos pênaltis para o arquirrival Corinthians, o Palmeiras tem a chance que precisava para juntar os cacos e seguir sua trajetória na temporada 2018. O Verdão enfrenta nesta quarta-feira, às 21h45, o Boca Júniors, na terceira fase da Copa Libertadores da América.

O Boca é um velho conhecido da torcida palmeirenses e traz más lembranças. O time argentino eliminou o Alviverde em 2000 e 2001, na própria Libertadores, nos pênaltis. A primeira, inclusive, foi uma decisão de campeonato.

Mas na história, o Palmeiras leva uma grande vantagem em cima do Boca. Os times já se enfrentaram em 21 oportunidades, com sete vitórias do Verdão, 11 empates e apenas três derrotas, uma delas no jogo de despedida do antigo Palestra Itália.

O Palmeiras, no entanto, ainda lembra do primeiro confronto entre eles na Libertadores, ainda na primeira fase de 1994. Na ocasião, o Verdão venceu por sonoros 6 a 0.

Nesta edição, os dois não só são favoritos dentro do grupo, como também para conquistar a taça. O Palmeiras é o líder do Grupo 6, com seis pontos, contra quatro do seu rival. O Alianza Lima, do Peru, soma um, enquanto o Junior Barranquila ainda não pontuou.

Palmeiras e Boca fizeram grandes jogos no passado
Palmeiras e Boca fizeram grandes jogos no passado
TREINO FECHADO
Após toda confusão no Campeonato Paulista, o Palmeiras tem optado por ficar longe das câmeras. Roger Machado fechou o treino antes da partida contra o Boca Juniors, mas a expectativa é que o time continue o mesmo dos últimos jogos. A novidade deve ficar por conta de Felipe Melo, que retorna após cumprir suspensão na decisão contra o Corinthians.

Nas demais posições, a tendência é que não ocorram mudanças. Pode acontecer de Diogo Barbosa ganhar uma oportunidade na lateral-esquerda e Edu Dracena na defesa, mas as alterações são pouco prováveis para Roger Machado.

BOCA DESFALCADO!
Pelo lado do Boca Juniors, os principais desfalques giram em torno do meia Fernando Gago e do atacante Benedetto. Ambos estão lesionados. Já Tevez foi relacionado, mas deve começar no banco por não estar 100% fisicamente. Outro que aparece entre suplentes é Bou.

Enquanto no time principal, o destaque da equipe de Schelotto é um velho conhecido dos brasileiros. Ábila, que até pouco tempo estava defendendo o Cruzeiro, comanda o setor ofensivo dos argentinos.

 
 
" />