Copa Paulista: Técnico da Juventus encara competição como Libertadores

Após empate no dérbi dos imigrantes o técnico Alex Alves ressaltou a importância da Copa Paulista

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 13 (AFI) - Após a vitória contra a Portuguesa, por 1 a 0, pela 11ª rodada da Copa Paulista, nesta quarta-feira, os comandados do técnico Alex Alves voltaram às atividades nesta quinta-feira. A equipe juventina visa o duelo contra o Taboão da Serra, no sábado, às 15 horas, no Estádio Vereador José Ferez.

Com pouco tempo para treinar até o próximo desafio, os atletas que atuaram no Dérbi fizeram um tratamento regenerativo, enquanto o restante do elenco seguiu normalmente com as atividades.

Vindo de duas vitórias no torneio, o objetivo do Moleque Travesso é somar pontos fora de casa para entrar de vez na briga pela classificação para a próxima fase.

JOGADOR IMPORTANTE
Esse crescimento da equipe se deve também ao bom desempenho de Cesinha, que balançou as redes nas duas últimas rodadas. Ele é o vice artilheiro da equipe ao lado de Adilson, com dois gols. Quem marcou mais vezes pelo Moleque Travesso foi Portuga, com três.

“Eu cobro muito do Cesinha. Ele tem que ser mais agudo. Chutar mais para o gol. Um meia que não finaliza e que não dá passe seria mais fácil entrar com volante, pois ele vai marcar mais. Eu pedi muito para ele tentar o último passe, pois ele pode errar dez, mas deixando o atacante uma vez na cara do gol está ótimo. Peço para ele e para o Dener chutarem e buscarem a precisão na finalização. Ele está de parabéns, são dois gols em dois jogos”, falou o treinador juventino.

Próxima partida do time da Mooca é contra o Taboão da Serra no próximo sábado (Foto: Marcelo Germano/C.A. Juventus)
Próxima partida do time da Mooca é contra o Taboão da Serra no próximo sábado (Foto: Marcelo Germano/C.A. Juventus)

FALA, CESINHA
Vivendo um grande momento, Cesinha relacionou as boas atuações ao crescimento do Juventus na competição.

“Procuro me doar ao máximo nos treinamentos e nos jogos. Tento fazer o que o Alex (Alves) me pede taticamente de acordo com cada adversário, além de seguir o esquema tático que juntamente com a comissão técnica ele elabora. Procuro fazer isso a cada jogo, não importa a posição que eu jogue. Estou desempenhando bem o meu papel, porque tenho a ajuda dos meus companheiros. O time está em um crescente e as vitórias mostram isso, tudo fluindo bem”, concluiu Cesinha.

ESPÍRITO DE LIBERTADORES
O técnico Alex Alves também ressaltou o crescimento do grupo nessa reta final da primeira fase. Depois de Taboão da Serra, o Juventus enfrenta Nacional (em casa) e Ituano (fora).

“Nossos jogadores enxergaram o jeito de jogar esse campeonato. Não estamos disputando a Copa Paulista, estamos disputando a Libertadores. Nosso espírito é esse e eles entenderam. Por isso, estão todos de parabéns”, concluiu o treinador.

O apronto final está marcado para amanhã. No sábado, o Moleque Travesso viaja para Taboão da Serra.

SITUAÇÃO NA COMPETIÇÃO
O Juventus ocupa a quinta colocação do Grupo 4, com 14 pontos. O quarto colocado é a Portuguesa, com 15. A liderança da chave é do Ituano, com 17, na sequência vem Audax (16) e Atibaia (16). Nacional é o sexto com 13 e na lanterna o Taboão, com 2 pontos.

 
 
" />