Felipe Melo dispara contra ex-companheiro de Juventus: "sem ética"

Tudo começou quando Chiellini classificou Felipe Melo como uma "maçã podre", em sua biografia

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 15 (AFI) - As cutucadas entre Felipe Melo e Chiellini, ex-companheiros de Juventus, parecem não acabar. Em entrevista ao jornalista Francesco Fontana, da Gazzetta Dello Sport, o volante do Palmeiras alertou os companheiros do jogador italiano sobre a índole do atleta, falando que ele não tem ética.

FOGO TROCADO

Tudo começou quando Chiellini classificou Felipe Melo como uma "maçã podre", em sua biografia. O jogador brasileiro, após ser atacado, não poupou o italiano, revelando alguns bastidores.

Foto: Reprodução / Twitter
Foto: Reprodução / Twitter

"Ele é uma bandeira da Juventus, mas infelizmente sempre se machuca. No futebol o que acontece no vestiário morre ali. Seus companheiros devem ter medo dele, porque se ele falou sobre alguém [Balotelli] que jogou na seleção [italiana] com ele, talvez amanhã ele pudesse fazer isso com alguém que divide o campo com ele hoje.

No Brasil, isso se chama ética. Se ele é um homem sem ética, o problema é dele. Eu tenho ética", disse Felipe, se referindo a um episódio onde Chiellini havia falado que Balotelli era uma pessoa negativa e sem respeito.

ARREPENDIMENTO

Mesmo após o zagueiro italiano ter falado mal de Felipe Melo, o jogador brasileiro afirmou torcer por um título do ex-companheiro e disse que se arrepende de já ter saído com o zagueiro.

"Espero que ele ganhe um torneio internacional e assim seja mais feliz na carreira. Levei Chiellini para jantar. Se eu faria de novo? Não, não!".