Sem Pintado, Juventude volta a ter três atacantes para retonar ao G4

Capixaba e Rogério estão confirmados no ataque, enquanto Rafael Grampola - o preferido - e Everton brigam pela outra vaga

por Agência Futebol Interior

Caxias do Sul, RS, 11 (AFI) - O Juventude, com 45 gols em 33 jogos, é o dono do melhor ataque na Série B do Campeonato Brasileiro. E é apostando em sua força ofensiva que espera voltar ao G4. No duelo gaúcho contra o Brasil-RS, o Juventude voltará a ter três atacantes.

Pintado será um dos desfalques do Juventude. (Foto: Gabriel Tadiotto / Juventude)
Pintado será um dos desfalques do Juventude. (Foto: Gabriel Tadiotto / Juventude)
Capixaba e Rogério estão confirmados no ataque, enquanto Rafael Grampola - o preferido - e Everton brigam pela outra vaga. Na defesa, o zagueiro Wellington volta de suspensão após ficar fora da derrota, por 1 a 0, para o Cuiabá. Ele formará dupla com Emerson.

O time de Caxias do Sul, no entanto, terá dois problemas para o duelo desta terça-feira, às 19h15, no Bento de Freitas, em Pelotas, pela 34ª rodada. O lateral Eltinho e o técnico Pintado estão suspenso. Dino Camargo, auxiliar técnico, ficará no comando do Ju.

No quinto lugar com 52 pontos, o Juventude jogará com Marcelo Carné; Igor, Wellington, Émerson e Hélder; João Paulo, Bochecha e Renato Cajá; Capixaba, Rogério e Rafael Grampola (Everton).