Série B: Pintado exalta elenco após virada que deixa Juventude a um passo do acesso

“Este elenco está de parabéns pela forma como se entrega, até o limite", comentou o treinador

por Grande Área

Caxias do Sul, RS, 25 (AFI) - A já histórica vitória de virada do Juventude sobre o Figueirense por 2 a 1 na noite da última sexta-feira (22), no estádio Alfredo Jaconi, deixou o Alviverde de Caxias do Sul às portas de retornar à Série A do Campeonato Brasileiro. Com 58 pontos, o Juventude depende apenas de seus próprios esforços para agarrar a última vaga.

Como não poderia deixar de ser, o técnico Pintado teceu imensos elogios aos seus comandados, na entrevista coletiva de pós-jogo.

“A equipe vinha desgastada. Tivemos dois jogos em que o campo estava muito pesado - Cruzeiro e Avaí - e, depois de um resultado ruim, como foi com o Avaí, mudanças na equipe eram necessárias, foram feitas e eu jamais fugiria a essa responsabilidade. Este grupo é fantástico e tenho certeza de que muita coisa boa vem pela frente para todos”, disse.

Neymar elege 'time dos sonhos' do PSG com sete brasileiros; confira

Espaço incorporado por HTML (embed)

Tendo uma semana para preparar o time para o jogo decisivo, o treinador quer recuperar seus comandados, que vêm de jogos extremamente desgastantes.

Isso porque tiveram que buscar o resultado positivo com dois gols depois dos 43 minutos do segundo tempo, ainda mais depois de terem sofrido o tento que inaugurou o placar já aos 39 minutos da etapa complementar.

“Este elenco está de parabéns pela forma como se entrega, até o limite. Estão cansados, machucados, mas com o sorriso no rosto que só uma vitória como esta pode trazer. Será uma semana muito importante, em que faremos trabalhos pontuais para que continuemos trabalhando com prazer e cientes da nossa responsabilidade”, concluiu.

ÚLTIMA RODADA

Juventude e Guarani entram em campo no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, às 21h30 da próxima sexta-feira (29), pela última rodada da competição. Uma vitória basta para que o Papo volte à Série A.

Caso não vença, basta que o CSA (quinto, com 57 pontos) não faça um resultado melhor que o seu na partida com o Náutico fora de casa e que o Avaí (sexto, com 52 e uma vitória a menos que o Ju) não vença os dois jogos que tem (Guarani em casa e América-MG fora). Neste caso, um empate do Juventude será suficiente para que os catarinenses não tenham chances de acesso.