Série C: Racismo leva Juventude ao STJD e presidente critica torcedor: ‘idiota’

Clube corre o risco de ser punido ocm multa de até R$ 100 mil por ofensas racistas proferidas no Alfredo Jaconi

por Agência Futebol Interior

Caxias do Sul, RS, 10 (AFI) - Na expectativa pela denúncia no STJD, em razão do caso de racismo protagonizado por um torcedor no duelo contra o Botafogo, pela Copa do Brasil, o Juventude acredita que já fez tudo que poderia fazer em relação ao assunto. Segundo o presidente do clube, Walter Dal Zotto Jr, a notificação já foi recebida e agora só resta esperar.

“Recebi a notificação. Essa questão é do Botafogo. Pelo Juventude, a pessoa foi identificada, encaminhada para os órgãos competentes. O jogador não quis prestar ocorrência. O Juventude fez tudo o que tinha de ser feito”, disse o mandatário em entrevista ao Pioneiro.

No caso em questão, um torcedor do Ju foi retirado do Alfredo Jaconi após xingar Gustavo Buchecha, volante do Botafogo, de macaco.

“O que o Juventude tem de fazer é o seguinte: se um idiota desses, porque essa é a palavra, cometer alguma injúria, os próprios torcedores têm de identificar. Daqui a pouco vem um cara que nem é nosso torcedor e tudo vai se levantar de novo. O Juventude está tomando as providências possíveis, como segurança para o time adversário. Só para ficar claro, o Juventude repudia qualquer tipo de ato nesse sentido”, completou Dal Zotto.

Foto: Gabriel Tadiotto/E.C.Juventude
Foto: Gabriel Tadiotto/E.C.Juventude

PUNIÇÃO
O Juventude será denunciado no artigo 243-G do CBJD, que fala em "praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência".

A punição poderá ser de suspensão mínima de 720 dias para o torcedor. Já o clube pode receber uma multa entre R$ 100 e R$ 100 mil.

RECORRENTE
Depois do jogo contra o Botafogo, outro caso de racismo foi relatado no Alfredo Jaconi, desta vez no duelo entre Juventude e Remo, pela Série C, no último sábado. O atacante remista Emerson Carioca teria sido chamado de macaco quando foi substituído.