Série B: Boa Esporte aposta no fator casa para escapar do rebaixamento

O time mineiro vai ter mais seis compromissos em Varginha, sendo o primeiro deles neste sábado, contra o Paysandu

por Agência Futebol Interior

Varginha, MG, 13 (AFI) - Após um péssimo início, o Boa Esporte cresceu de produção com a chegada de Ney da Matta, mas ainda não o bastante para deixar a zona de rebaixamento. Na penúltima colocação, o time boveta tem cinco pontos a menos (24 a 29) que o Paysandu, primeiro fora do Z4.

Para deixar essa posição incômoda e garantir a permanência na Série B, o Boa Esporte aposta no fator casa. Daqui até o final, o time faz seis partidas no Dilzon Melo. A primeira delas é neste sábado, no confronto direto contra o Paysandu, pela 27ª rodada.

"Derrota ou empate, principalmente dentro de casa, acaba atrapalhando o planejamento nosso de poder deixar o clube na Série B do Brasileiro. Se a gente conquistar essa vitória, vamos fazer 27 pontos e encostar no Paysandu", comentou o treinador boveta, que não descarta poupar jogadores nas partidas como visitante.

O técnico Ney da Matta vai apostar nos jogos em casa para livrar o Boa Esporte do rebaixamento
O técnico Ney da Matta vai apostar nos jogos em casa para livrar o Boa Esporte do rebaixamento
O TIME

Contra o Paysandu, Ney da Matta não vai poder contar com o zagueiro Rafael Jensen, que recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Goiás, por 1 a 0. Caíque aparece como alternativa. Por outro lado, o atacante Juninho Potiguar retorna de suspensão, mas deve ficar como opção no banco de reservas.

O treinador ainda pode fazer algumas mudanças, já que o Boa Esporte cresceu de produção com as alterações feitas durante a partida contra o Goiás. Autor do gol da vitória, Manoel disputa vaga com Daniel Cruz, assim como William Barbio faz sombra a Kaio Cristian.

O provável Boa Esporte é: Fabrício; Hélder, Rodrigão, Gabriel e Jadson; Djavan, Cloves, Bruno Tubarão, Douglas Baggio e Kaio Cristian (William Barbio); Daniel Cruz (Manoel).

 
 
" />