Série C: 'Clima é de esperança', diz zagueiro da Juazeirense sobre briga contra o Z2

Time baiano chega à última rodada sem depender apenas de suas forças para conseguir a permanência

por Agência Futebol Interior

Juazeiro, BA, 09 -Na vice-lanterna do Grupo A da Série C, com 18 pontos, a Juazeirense não depende apenas de suas forças para se livrar do rebaixamento à Série D, mas os jogadores ainda acreditam na permanência. Pelo menos foi esse o discurso adotado pelo zagueiro Alysson ao comentar a situação delicada vivia pelo time a uma rodada do fim da fase de grupos.

“Enquanto houver chance de fugir do rebaixamento vamos lutar, batalhar. Infelizmente não dependemos de nós mesmos, mas vamos procurar fazer a nossa parte e, ao final dos 90 minutos, ver o que acontece. O clima é de muita concentração, muita esperança, e todos determinados em conseguir o objetivo do clube", afirmou o defensor.

Apesar de Remo e ABC estarem com 21 pontos, o Cancão de Fogo só tem chances ultrapassar o oitavo colocado Globo. Isso porque remistas e abcedistas têm seis vitórias, enquanto o time baiano tem quatro, mesmo número que a equipe de Ceará-Mirim.

Foto: Agência CH / Juazeirense
Foto: Agência CH / Juazeirense
Para se livrar da degola, a Juazeirense precisa vencer Botafogo-PB, às 19h30 deste sábado, no Almeidão, e torcer para que o Globo perca para o Confiança. Diante deste cenário, igualaria a pontuação do Globo e conseguiria a ultrapassagem no número de vitórias.

O TIME
O técnico Evandro Guimarães terá dois desfalques para o duelo decisivo. O zagueiro Eron segue com dores na coxa e foi vetado pelo departamento médico. Com isso, Emílio deve ser o escolhido para ser parceiro de zaga de Alysson.

Outra baixa é o volante Waguinho, que recebeu o terceiro cartão amarelo no empate com o Santa Cruz, na rodada passada, e terá que cumprir suspensão. A tendência é que Júnior Gaúcho fique com a vaga. Patrick e Enercino são outras possibilidades.

A Juazeirense vê ir a campo com Tigre; Capone ,Emílio, Alysson e Deca; Júnior Gaucho, Rodolfo, Juninho Tardelli e Jussimar; Toni Galego e Salatiel

 
 
" />