Joinville anuncia treinador e acerta retorno do maior artilheiro de sua história

Novo comandante, Fabinho Santos aprovou a chegada de Lima, que já brilhou com a camisa do clube

por Agência Futebol Interior

Joinville, SC, 06 (AFI) - O Joinville aproveitou o início de novembro para resolver questões importantes do planejamento para a próxima temporada. Uma delas foi o anúncio de Fabinho Santos como treinador e a outra o acerto com o atacante Lima, maior artilheiro da história do JEC.

Fabinho tem uma forte relação com o Joinville, tanto que essa será sua segunda passagem pelo clube. A primeira começou em 2013, nas categorias de base do time, situação que durou até 2017, quando ele ganhou a primeira chance como técnico do time profissional, durante as disputas do Catarinense e da Série C daquele ano. Ele assinou com o JEC até o final da Série D de 2020.

Fabinhos Santos é o novo treinador do Joinville. (Foto: Divulgação / JEC)
Fabinhos Santos é o novo treinador do Joinville. (Foto: Divulgação / JEC)
“Estou de volta com muita alegria no meu coração. Sei da importância do torcedor, da vibração e da energia tão positiva em ter o estádio lotado. Tive o prazer de ter vocês comigo enquanto jogava e também como treinador e agora retornando”, disse Fabinho, que também foi jogador do Joinville, com direito a gol do título catarinense de 2000, sobre o Marcilio Dias.

Assim como o treinador, Lima também é bastante identificado com o Joinville. Maior artilheiro das história do clube, com 140 gols, o jogador está de volta muito mais experiente, hoje com 37 anos, e como uma incógnita.A última passagem dele pelo Coelho foi em 2013. Na atual temporada, ele disputou o Campeonato Catarinense pelo Hercílio Luz, antes de ir para o Clube Atlético Paraíba, agremiação amadora de Joinville.