Série C: Fernandes diz que precisou chutar porta para 'acordar' elenco do Joinville

Técnico revelou que vem utilizando todos os métodos possíveis para tentar extrair alguma reação dos atletas

por Agência Futebol Interior

Joinville, SC, 13 (AFI) - Em uma situação bastante complicada o técnico Márcio Fernandes vem apostando na motivação para manter o Joinville na Série C do Brasileiro. Em entrevista coletiva durante a semana, ele revelou que vem utilizando todos os métodos possíveis para tentar extrair alguma reação dos atletas, inclusive chutar portas.

“Precisamos ser mais fortes do que estamos sendo. Quando leva o gol, parece que acabou o mundo. Futebol não é assim. Temos que ir atrás para reverter a situação. Contra o Tombense precisei chutar a porta no vestiário e fazer o possível para que eles acordassem. Mas não é toda vez que vamos fazer isso. Ou vou ter que entrar no campo para gritar e fazer loucura para sair da situação? São eles que vão nos tirar dessa situação”, afirmou o treinador.

Foto: Beto Lima / JEC
Foto: Beto Lima / JEC

Fora o fator motivacional, o técnico pensa no que pode fazer diferente em relação à escalação para melhorar o desempenho do time. Encerrada a preparação para encarar o Cuiabá, neste sábado, na Arena Pantanal, ele preferiu fazer mistério e não revelou os onze iniciais.

Liberado pelo departamento médico, o zagueiro Filipe Costa foi relacionado e pode começar jogando. Os laterais Jonas e Alex Ruan retornam de suspensão e também viajaram, mas apenas o segundo tem chances de aparecer entre os titulares.

O Joinville deve ir a campo com Matheus; Michel Schmoller, Gualberto, Filipe Costa e Eduardo Diniz (Alex Ruan); Tiago Ulisses, Eduardo Person e Zotti; Breno, Jean Lucas (Madson) e Rafael Grampola.

 
 
" />