Catarinense: Após derrota para Chape, Joinville anuncia saída de Rogério Zimmermann

O treinador deixou o JEC na quarta colocação no estadual, longe de brigar pela classificação à final

por Agência Futebol Interior

Joinville, SC, 12 (AFI) – Rogério Zimmermann não é mais técnico do Joinville. O treinador foi demitido do clube na noite desta segunda-feira, após reunião com a diretoria. Além dele, também deixam o JEC o gerente executivo Carlos Kila, o preparador físico João Beschorner e o auxiliar técnico Zeca Martins.

Contratado em setembro de 2017, Rogério dirigiu o Joinville em 19 partidas, sendo quatro na Copa Santa Catarina, duas na Copa do Brasil e 13 no Campeonato Catarinense. No total, foram 8 vitórias, 5 empates e 6 derrotas, resultando em um aproveitamento de 50,9%.

Carlos Kila (Gerente Executivo de Futebol) e técnico Rogério Zimmermann deixam o comando do Joinville - Beto Lima/JEC
Carlos Kila (Gerente Executivo de Futebol) e técnico Rogério Zimmermann deixam o comando do Joinville
A sequência de resultados ruins no Campeonato Catarinense pesou para a decisão. O Joinville não conseguiu fazer uma campanha regular e não chegou nem perto de brigar pelas primeiras posições. O JEC já não vence há três jogos, sendo o último uma derrota para a Chapecoense, em plena Arena Joinville, por 1 a 0.

O treinador deixa o clube catarinense na quarta colocação, com 17 pontos, dez do Figueirense, segundo colocado, e 30 da Chapecoense. O próximo desafio do time é diante do Hercílio Luiz no sábado, às 16h, no Aníbal Costa.

 
 
" />