Série C: Após eliminação mesmo com goleada por 8 a 1, Joinville demite Pingo

O time brigou pela classificação às quartas de final durante toda a competição, mas caiu de produção na reta final

por Agência Futebol Interior

Joinville, SC, 12 (AFI) - O Joinville oficializou na manhã desta terça-feira, 12, o desligamento do técnico Pingo após o término da participação do Joinville no Campeonato Brasileiro da Série C. Com ele, também deixam o clube seu auxiliar, João Bandoch e o preparador físico George Castilhos.

Sob o comando do treinador, o time catarinense chegou a rodada final da primeira fase da Série C precisando de uma vitória elástica e combinações de resultados para se classificar. Conseguiu vencer o Mogi Mirim por uma incrível goleada por 8 a 1, mas não foi o suficiente.

Assim, encerrou a participação na terceira divisão nacional na quarta colocação, com os mesmos 25 pontos do quarto colocado e classificado Volta Redonda, perdendo por 7 a 5 no saldo de gols.

Pingo não é mais técnico do Joinville. (Foto: Beto Lima/JEC)
Pingo não é mais técnico do Joinville. (Foto: Beto Lima/JEC)

Luís Roberto Magalhães, o Pingo, assumiu o comando da equipe no dia 26 de junho, após a sétima rodada do primeiro turno. Ao todo, foram 11 jogos como treinador do JEC, com 5 vitórias, 3 empates e 3 derrotas, e um aproveitamento de 54% dos pontos disputados.

Muito por conta da goleada na rodada final, o JEC de Pingo terminou a primeira fase da competição nacional com o melhor ataque dentre os 20 participantes da Série C, anotando 28 gols (20 deles com o treinador no comando).

aaa